Educação

Tese defendida na UFC recebe menção honrosa em prêmio da Sociedade Brasileira de Física

Imagem: Logomarca da Sociedade Brasileira de FísicaA tese defendida no Programa de Pós-Graduação em Física da Universidade Federal do Ceará por Davi Monteiro Dantas recebeu menção honrosa no Prêmio SBF de Tese de Doutorado, concedido pela Sociedade Brasileira de Física. A comenda tem o propósito de estimular e valorizar os trabalhos de excelência e padrão internacional nas diferentes áreas da física.

Davi Monteiro, que hoje é aluno de pós-doutorado em Física, também pela UFC, foi premiado com o trabalho intitulado Aspectos gerais do confinamento de campos em mundos brana não fatorizáveis de seis dimensões com enfoque na localização de férmions de Dirac, Rarita-Schwinger e Elko. Orientada pelo Prof. Carlos Alberto Santos de Almeida, a tese concorreu na categoria Física de Partículas e Campos. A SBF premiou, nesta edição, trabalhos defendidos no período de 2015-2016.

Conforme o Prof. Carlos Alberto, a tese trabalhou com a proposta hoje discutida no campo da física de que o universo que conhecemos está mergulhado em outro universo, que ainda não podemos acessar e que possuiria cinco ou seis dimensões. Segundo a física tradicional, o universo tem quatro dimensões, três de espaço e uma de tempo. Pesquisadores da área, contudo, apontam que essa concepção não é capaz de explicar algumas questões que já foram levantadas a respeito do universo.

O conceito de “mundos brana”, trabalhado na tese, refere-se à noção de universo com duas dimensões extras de espaço. “A tese afirma que esses modelos requerem que não exista matéria, apenas gravidade. A matéria, no caso, só existiria em nosso mundo de quatro dimensões”, esclarece o Prof. Carlos Alberto.

Fonte: Coordenadoria de Comunicação Social e Marketing Institucional da UFC – fone: 85 3366 7331