Educação

Projeto de extensão Leituras na Praça vence Prêmio IPL – Retratos da Leitura

Pessoas com certificados de prêmio reunidas em um palco, sentadas e em pé. Ao fundo, painel escrito 3ª Edição Prêmio IPL - Retratos da Leitura 2018

O projeto de extensão Leituras na Praça, desenvolvido pela Universidade Federal do Ceará, foi um dos vencedores da 3ª edição do Prêmio IPL – Retratos da Leitura. A premiação, promovida pelo Instituto Pró-Livro (IPL), tem o objetivo de valorizar e mapear iniciativas exitosas de incentivo à leitura no País.

O Leituras na Praça venceu na categoria Organizações Sociais Civis ao lado de outros dois projetos: Clube de Leitura Quilombo Mirim, realizado na periferia da zona sul de São Paulo, e Piracaia na Leitura, iniciativa de moradores da cidade de Piracaia (SP).

A cerimônia de premiação ocorreu na Unibes Cultural, em São Paulo, contou com outros nove vencedores nas categorias: Bibliotecas, Cadeias Produtivas e Mídias. De acordo com o Instituto Pró-Livro, mais de 100 projetos foram habilitados para concorrer nessa edição do Prêmio, que contou ainda com 41 finalistas nas quatro categorias.

“Essa ação do Instituto Pró-Livro é fundamental para a formação de rede de projetos de leitura no País. A premiação apresenta para nós e para a sociedade as iniciativas de incentivo à leitura”, comenta a Profª Maria Inês Cardoso, coordenadora do Leituras na Praça.

Imagem: As professoras Maria Inês Cardoso, coordenadora do Leituras na Praça, e Márcia Machado, pró-reitora de Extensão da UFC, receberam o prêmio (Foto: Divulgação)Para a professora, o Prêmio IPL agrega valor ao projeto de extensão da UFC, que tem como principais objetivos a formação de plateia leitora e a ocupação de espaços públicos em Fortaleza. Uma vez por mês, o grupo se reúne em uma praça da cidade para ler textos e compartilhar o prazer da leitura.

Os participantes escolhem previamente o texto que será lido e discutido no encontro. De acordo com ela, já foram apresentadas obras de autores como Miguel de Cervantes, José Saramago, Franz Kafka e Conceição Evaristo. “Esse projeto é uma pequena amostra do que a universidade representa para a sociedade. É a UFC indo para além dos muros, buscando contato com a população e compartilhando saberes, reafirmando o compromisso com a cidadania e com o povo da cidade”, ressalta.

Informações sobre os textos e os encontros do Leituras na Praça estão disponíveis na página do projeto no Facebook.

Fonte: Profª Maria Inês Cardoso, coordenadora do Leituras na Praça – fone: 85 3366 7333