Educação

Mestres da Cultura Tradicional Popular do Ceará

O Conselho Universitário da Universidade Estadual do Ceará (Consu/Uece) aprovou, por unanimidade, a solicitação para concessão de Títulos de Notório Saber em Cultura Popular para 11 Mestres da Cultura Tradicional Popular do Estado do Ceará, aprovados em seleção realizada pela Secretaria de Cultura do Estado do Ceará (Secult).

Com a nova aprovação, mais de 80 mestres da cultura terão sido certificados pela Uece desde 2016, como conta o relator da proposta, pró-reitor de Políticas Estudantis da Uece, professor Emerson Mariano. “Pioneira no Estado do Ceará, a Uece, em parceria com a Secult, concedeu a primeira outorga de título dessa natureza a 58 mestres e mestras da cultura popular em 2016, por ocasião do Encontro dos Mestres do Mundo, em Limoeiro do Norte. Na segunda ocasião entregamos os títulos no Theatro José de Alencar, em cerimônia organizada pela Secult, com a presença de conselheiros do Consu/Uece, e hoje chegamos à aprovação para terceira outorga de títulos pra mais 11 mestres e mestras da cultura popular cearense, com muita alegria para a academia”.

O coordenador do Patrimônio Cultural e Memória da Secult, Alênio Carlos, parabenizou a Uece. “Com essa titulação a Uece passa a valorizar cada vez mais a cultura cearense, sobretudo a cultura tradicional popular … O Ceará é o estado que mais avança no reconhecimento dessa política por meio da Secretaria de Cultura e da Uece … A Universidade está de parabéns nesse reconhecimento que é tão significativo para nós, pois esse reconhecimento é de detentores de uma herança cultural que nos faz ser o que somos”.

A partir da parceria entre Uece e Secult, os mestres ganham mais visibilidade e atenção, além de terem endossado, pela academia, o reconhecimento a seus saberes e fazeres. Com o título de Notório Saber, os mestres poderão, inclusive, ser convidados por universidades e outras instituições de ensino para palestras e outras atividades, sendo remunerados da mesma forma que professores que contam com essa distinção.

Na terceira cerimônia de outorga de títulos de Notório Saber em Cultura Popular, serão certificados pela Uece:

1. Francisco Gildamir de Sousa Chaves – Escultor e Luthier
2. José Maria Pereira dos Santos – Cultura Indígena
3. João Pedro de Carvalho Neto – Xilogravura e Literatura de Cordel
4. Antônio Ferreira Evangelista – Reisado
5. Expedito Antônio do Nascimento – Banda Cabaçal
6. Maria Josefa da Conceição – Maneiro-Pau
7. Edite Dias De Oliveira Silva – Dança do Côco
8. Francisco Alves de Freitas – Artesanato em Couro
9. Raimunda Rodrigues Teixeira – Cultura Indígena
10. Andrião Sisnando de Araújo – Cabaceiro
11. Aécio Rodrigues de Oliveira – Luteria