Educação

Simpósio Brasileiro de Banco de Dados

Imagem: logo do evento com ilustração de sol, vela de jangada e mar

A 34ª edição do Simpósio Brasileiro de Banco de Dados (SBBD) 2019 será realizada em Fortaleza com organização do Departamento de Computação da Universidade Federal do Ceará. Promovido pela Sociedade Brasileira de Computação, o evento começou ontem, dia 07 e ocorrerá até o dia 10 de outubro, no Centro Universitário 7 de Setembro (UNI7).

O objetivo do evento é integrar a comunidade científica nacional do campo da computação que desenvolve atividades em universidades, empresas e centros de pesquisa e desenvolvimento relacionadas às áreas de bancos de dados.

Na programação constam palestras, tutoriais, mesas-redondas sobre pesquisa e desenvolvimento tecnológico no País e no mundo, apresentação de artigos científicos, minicursos sobre temas atuais da área, sessões de ferramentas e demonstrações de softwares produzidos nas universidades brasileiras, além de oficinas que permitirão contato com produtos modernos destinados à gerência de dados. As inscrições podem ser realizadas no site no evento.

O SBBD englobará ainda o Symposium on Knowledge Discovery, Mining and Learning (KDMILE 2019), evento científico na área de algoritmos e aplicações de mineração de dados; o ACM Latin American School on Recommender Systems (LARS 2019), que contará com palestrantes de renome internacional na área de sistemas de recomendação; e o Brazilian Symposium on Bioinformatics (BSB 2019), maior simpósio de bioinformática da América Latina.

Esta edição contará também com a Maratona de SQL, linguagem de pesquisa declarativa padrão para banco de dados relacional, que envolve alunos do País inteiro. A atividade é destinada a estudantes de graduação das áreas da Computação, além de alunos dos Cursos de Matemática, Estatística, Mídias Digitais e Jogos Digitais.

Os times serão compostos por três representantes de instituições de ensino superior, que terão o desafio de resolver 10 problemas durante duas horas. Serão vencedores os que resolverem o maior número de problemas. As três melhores equipes receberão medalhas e certificados.

Fonte: Prof. José Maria Monteiro, do Departamento de Computação da UFC – e-mail: monteiro@dc.ufc.br