Entre Aspas

[14 a 20/12] Mostra Harun Farocki começa nesta quinta (14) com filmes inéditos em Fortaleza

A programação acontece até o dia 20 no Cinema do Dragão e até o dia 22 no Cena 15. A entrada é gratuita.

 

Dois dos três filmes que abrem nesta quinta-feira, dia 14, a “Mostra Harun Farocki – O trabalho com as imagens”, são inéditos em Fortaleza. O primeiro é “Em comparação” (Áustria, Alemanha. 2009. 16mm. Cor. 61min), que será exibido na sessão das 19h. O segundo inédito da noite é “Intervalo” (Alemanha, Coréia do Sul. 2007. Vídeo. PB. 40min), abrindo a sessão das 20h30, que termina com “Fogo Inextinguível” (Alemanha Ocidental. 1969. 16mm. PB. 25min). A Mostra acontece de 14 a 20 de dezembro no Cinema do Dragão e até o dia 22 com duas instalações do cineasta alemão no Cena 15 (Rua José Avelino, 495 – Praia de Iracema): Parallel I, II, III e IV (2011/2014) e Labour in a single shot (2011/2014). Toda a programação tem acesso gratuito.

Harun Farocki (1944-2014) é um dos mais respeitados e prolíficos realizadores da Alemanha, tendo realizado mais de 120 filmes e instalações. O artista tratou frequentemente de questões ligadas à produção e a percepção de imagens, constituindo-se numa profunda autorreflexão sobre a cultura audiovisual e a tecnologia, a proliferação de mídias, a explosão de consumo e a produção da informação – assuntos de indiscutível relevância na sociedade contemporânea.

Na “Mostra Harun Farocki – O trabalho com as imagens” serão exibidos 12 filmes produzidos entre 1969 e 2010 e duas instalações inéditas em Fortaleza, tendo como fio condutor o modo como o artista exerce seu trabalho ao mesmo tempo em que conduz a um recorte modulado pela categoria trabalho em sua obra. Contemplada no Edital Temporada de Arte Cearense, do Dragão do Mar, a Mostra tem o apoio da Secretaria de Cultura de Fortaleza e do Porto Iracema das Artes. Toda a programação tem acesso gratuito.

Os filmes da abertura (dia 14):

Em comparação (Áustria, Alemanha / 2009 / 16mm / cor / 61 min)
As diferenças entre as culturas e formas de trabalho podem ser expressas na fabricação e utilização de tijolos. Os tijolos criam espaços, organizam relações sociais, armazenam conhecimentos. Visualizamos, comparativamente, diversos processos, sociabilidades e temporalidades a partir da tecnologia milenar do tijolo. “Eu queria, disse Farocki, pensar em um filme que contribuísse para o entendimento do conceito de trabalho. Que comparasse o trabalho em uma sociedade tradicional, como a africana [Burkina Faso], com uma sociedade industrializada recentemente, como a Índia, e uma sociedade muito industrializada, como a Europa ou Japão. O objetivo da comparação será o trabalho de construção de casas. Casas habitáveis.”
Título original: Zum Vergleich. Direção: Harun Farocki. Roteiro: Harun Farocki, Matthias Rajmann. Fotografia: Ingo Kratisch. Som: Matthias Rajmann. Montagem: Meggie Schneider. Desenhos: Andreas Siekmann. Colaboração: Antje Ehmann, Anand Narayan Damle, Michael Knauss, Regina Krotil, Iyamperumal Mannankatti, Mamta Murthy, Markus Nechleba, Jan Ralske, Yukara Shimizu, Isabelle Verreet.

Intervalo (Alemanha, Coréia do Sul / 2007 / vídeo / pb / 40 min)
Filme mudo em preto e branco, registrado no momento de funcionamento do campo de concentração nazista de Westerbork, na Holanda. De início, um campo de refugiados para judeus que fugiam da Alemanha, estabelecido em 1939. Após a ocupação da Holanda, sua função fora revertida pelos nazistas. Em 1944, o dirigente do campo encomenda um filme a um dos presos, detentor de conhecimentos cinematográficos, Rudolph Breslauer. Como a maioria dos judeus da Holanda já havia sido deportada, Westerbork fora convertido em um entreposto de trabalho com a aprovação do comandante. Provavelmente o dirigente encomendara o filme para fazer propaganda contra o fechamento do entreposto pela SS. Harun Farocki exuma os fragmentos dispersos e os traços, aparecendo uma cautelosa hermenêutica da imagem a partir deste singular arquivo do Holocausto.
Título original: Aufschub. Realização: Harun Farocki. Colaboração: Antje Ehmann, Christiane Hitzemann, Lars Pienkoß, Matthias Rajmann, Jan Ralske, Meggie Schneider. Documentação: Herinneringscentrum Kamp Westerbork, Memorial Center Camp Westerbork Hoogdalen. Imagens: Nederlands Instituut voor Oorlogsdocumentatie / The Netherlands Institute for War Documentation, Amsterdam. Produção: Harun Farocki Filmproduktion, Berlin. Encomendado e financiado por Jeonju International Filmfestival, Jeonju. Film footage: Rijksvoorlichtingsdienst Filmarchief, The Netherlands Institute for Sound and Vision, Hilversum.

Fogo Inextinguível (Alemanha Ocidental / 1969 / 16mm / pb / 25 min)
“Se lhes mostrarmos imagens de queimaduras de Napalm, vocês fecharão seus olhos. Primeiro fecharão seus olhos às imagens, então fecharão seus olhos à memória, então fecharão seus olhos aos fatos, então fecharão seus olhos ao contexto”. Essas palavras são faladas no início do agitprop. Farocki se abstém de fazer qualquer tipo de apelo emocional. Seu ponto de partida: “Quando o Napalm está queimando, é muito tarde para extinguí-lo. O Napalm deve ser combatido onde ele é produzido, nas fábricas”.
Título original: Nicht löschbares Feuer. Direção, Roteiro e Montagem: Harun Farocki. Assistencia de direção: Helke Sander. Fotografia: Gerd Conradt. Som: Ulrich Knaudt. Atores: Harun Farocki, Hanspeter Krüger, Eckart Kammer, Caroline Gremm, Gerd Volker Bussäus, Ingrid Oppermann. Produção: Harun Farocki, Berlin-West for WDR, Cologne .

SERVIÇO
Mostra Harun Farocki – O trabalho com as imagens – Exibição de 12 filmes e duas instalações de um dos mais respeitados e prolíficos realizadores da Alemanha, Harun Farocki.
Filmes: De 14 a 20 de dezembro de 2017 no Cinema do Dragão (Rua Dragão do Mar, 81 – Praia de Iracema). Sessões às 19h e 20h30, exceto no dia 15, que terá sessões às 16h30 e 18h. Classificação indicativa: 16 anos. Não há programação de cinema no dia 18 (segunda).
Instalações: De 14 a 22 de dezembro, das 10h às 18h, no Cena 15 (Rua José Avelino, 495 – Praia de Iracema). Não há visitação no dia 17 (domingo).
Ingressos: Toda a programação tem entrada gratuita.
Informações: (85)3488.8600 e farockifortaleza2017@gmail.com

 

 

 

 

 

 

 

Texto: Eduardo Sousa com informações da assessoria | Foto: Divulgação

Recomendado para você