Entre Aspas

Cinema do Dragão realiza 5ª edição da Mostra Retroexpectativa, de 17 a 30 de janeiro

Filme “Tinta Bruta” está na lista da retrospectiva 

Serão exibidos 74 longas-metragens distribuídos nas faixas expectativa, retrospectiva e clássicos. Entre as novidades, a mostra oferece um Ateliê de Crítica Cinematográfica, cujas inscrições se iniciam nesta terça-feira (8)

Atenção cinéfilos!  O ano começou e aqui em Fortaleza a gente já espera por esse acontecimento. É que o  Cinema do Dragão vai realizar a quinta edição da Mostra Retroexpectativa de 17 a 30 de janeiro de 2019. Aguardada com ansiedade pelo público da cidade, a mostra reúne os filmes que mais fizeram sucesso no ano que passou, no caso 2018, adianta os lançamentos do primeiro semestre deste ano e traz ainda clássicos remasterizados do cinema mundial. Serão 74 longas-metragens exibidos em duas semanas de mostra, além de debates com realizadores brasileiros, nas salas do Cinema do Dragão, no Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura. A programação também contará com formações, ofertando assim uma masterclass e Ateliê de Crítica Cinematográfica, realizados em parceria com a Escola Porto Iracema das Artes. Segundo o curador do Cinema do Dragão, Pedro Azevedo, a faixa retrospectiva apresenta os filmes que fizeram boa carreira nas salas do Dragão, como Uma Noite de 12 anos e Me Chame Pelo Seu Nome – que são os de maior bilheteria do ano de 2018 -, mas também filmes inéditos do circuito independente de arte que não tiveram espaço de estreia em Fortaleza como: Minha filha, Meu Anjo, O terceiro assassinato, Rota Selvagem, Museu, Lámen Shop e 1945.

 

Com 17 filmes na lista, a faixa expectativa traz diversidade com produções de diferentes nacionalidades e que circularam por grandes festivais internacionais, como os de Berlim, Veneza e Cannes. “Mais especial ainda para nós é exibir filmes brasileiros inéditos no circuito comercial e que fizeram excelente carreira em festivais nacionais e internacionais. Serão chances únicas de assistir a filmes como Sol Alegria, Clube dos Canibais, Los Silencios, Lembro Mais dos Corvos, Os Jovens Baumann e O Barco”, destaca Pedro.

Parte do DNA da programação do Cinema do Dragão, os clássicos têm lugar garantido em todas as edições da Mostra Retroexpectativa. Neste ano, o destaque é para a cópia remasterizada em 4K de Central do Brasil, em comemoração aos vinte anos do filme. Será o único da mostra com exibição gratuita, realizada em parceria com a Vídeo Filmes. Além do clássico brasileiro, são destaques ainda dessa faixa os títulos Juventude Transviada e O Iluminado, trazidos em cópias 4K negociadas diretamente com distribuidoras de fora do Brasil.

Filme “Vermelho Sol” está na lista da Expectativa

A pauta é cinema! 

Além da exibição dos filmes, a Mostra Retroexpectativa caracteriza-se por trazer no bojo ações de formação em cinema. Nesta edição, a programação contará com cinco debates com os seguintes realizadores brasileiros: Petrus Cariry (filme O BARCO), Beatriz Seigner (filme LOS SILENCIOS), Tavinho Teixeira (filme SOL ALEGRIA), Guto Parente (filme CLUBE DOS CANIBAIS) e Gustavo Vinagre (filme LEMBRO MAIS DOS CORVOS).

Será realizada ainda, em parceria com a Escola Porto Iracema das Artes, a masterclass “Distribuição e Exibição do Cinema Brasileiro Independente”, no dia 29 de janeiro, com o programador mineiro Daniel Queiroz, que é um dos coordenadores da Semana de Cinema. Outra novidade da mostra é a oficina ” Ateliê de Crítica Cinematográfica”, com o curador do Cinema do Dragão, Pedro Azevedo. A formação será realizada de 14 a 18 de janeiro, no Porto Iracema. As inscrições se iniciam nesta terça-feira, dia 8, e seguem até sexta-feira, dia 11, às 12h, no site da Escola(http://www.portoiracemadasartes.org.br/).

“Central do Brasil”, um dos clássicos do cinema brasileiro

 

LISTA DE FILMES

// Retrospectiva

– The Square
– O dia depois
– A câmera de Claire
– Em chamas
– 120 Batimentos por minuto
– Deixe a luz do sol entrar
– O terceiro assassinato
– As boas maneiras
– Cachorros
– Lámen Shop
– A Fábrica de nada
– Minha Filha
– Meu anjo
– A prece
– Verão
– Assunto de família
– Zama
– O Processo
– Benzinho
– Uma noite de 12 anos
– Tinta Bruta
– Diamantino
– Me chame pelo seu nome
– Desobediência
– The Post – Guerra Secreta
– Trama Fantasma
– Jurassic World – Reino Ameaçado
– Halloween
– Infiltrado na Klan
– Western
– Antes que tudo desapareça
– O Parque
– Tesnota
– Asako I & II
– 1945
– Você nunca esteve realmente aqui
– Custódia
– Museu
– O futuro adiante
– O amante duplo
– O animal cordial
– A casa que Jack construiu
– O Sacrifício do Cervo Sagrado
– Projeto Florida
– Hereditário
– A pé ele não vai longe
– A Rota Selvagem
– Visages, Villages
– À sombra de duas mulheres
– Amante por um dia
– Arábia
– A misteriosa morte de Pérola

// Expectativa

– Raiva
– Amor até as cinzas
– Amanda
– 3 Faces
– Eu não sou uma bruxa
– Imagem e Palavra
– Temporada
– Los Silencios
– Vermelho Sol
– Lembro mais dos corvos
– Os Jovens Baumann
– Estação do Diabo
– Guerra Fria
– Os Sonâmbulos
– O Barco
– Sol Alegria
– Clube dos Canibais

// Clássicos

– Central do Brasil
– Persona
– Juventude Transviada
– O Iluminado
– Acossado

 

Ações formativas 

// Ateliê de Crítica Cinematográfica

Facilitador: Pedro Azevedo

A proposta do ateliê consiste em trabalhar noções teóricas e práticas da crítica cinematográfica, construindo um local de experimentação onde os participantes possam escrever textos sobre os filmes exibidos durante a mostra Retroexpectativa 2018/2019. Entre os temas abordados, pretende-se estudar os meios enunciadores da crítica cinematográfica e de que forma o espaço de veiculação altera a estrutura do texto crítico. Também serão trabalhados métodos e técnicas de análise fílmica, estudo de textos e trechos de filmes, e a compreensão da crítica de cinema enquanto instrumento de reflexão, abrindo diálogos entre os elementos internos e externos de um filme. As críticas produzidas no ateliê serão co-editadas pelo facilitador e publicadas no Blog do Dragão. Além das aulas, os participantes serão agraciados com credenciais de livre acesso ao Cinema do Dragão durante todo o período da mostra.

Período: 14 a 18 de janeiro, das 10h às 13h
Carga horária: 15h/aula

Local: Porto Iracema da Artes (Rua Dragão do Mar, nº 60 – Praia de Iracema)

Vagas: 10
Inscrições: de 8 a 11/01/2019 (até as 12h), no site
*O resultado será divulgado nesta sexta-feira (11), a partir das 18h.

Sobre o facilitador

Mestrando em Estudos de Arte pela Universidade do Porto, com especialização em curadoria, museologia e crítica de arte, Pedro Azevedo é bacharel em Cinema e Audiovisual pela Universidade de Fortaleza e atua como curador do Cinema do Dragão desde 2013, onde já programou diversas mostras e festivais como a tradicional Retroexpectativa, Fotofestival Solar e o FAROL (Festival Internacional de Cinema de Fortaleza). Enquanto crítico, já colaborou com o Jornal O Povo nas coberturas dos festivais de Berlim e de Cannes, além de ser membro da Associação Brasileira de Críticos de Cinema (Abraccine), por onde já integrou júris em diversos festivais nacionais e foi autor no livro Documentário brasileiro: 100 filmes essenciais. Também ministrou oficinas de crítica e curadoria para o Curso de Cinema Audiovisual da Unifor e foi co-idealizador do TVCine Dragão, programa de debates exibido pela TV Ceará entre 2015 e 2017.

// Masterclass Distribuição e Exibição do Cinema Brasileiro Independente

Facilitador: Daniel Queiroz

A masterclass abordará as diversas possibilidades de circulação da produção autoral e independente, realizada no Brasil, em curta, média e longa-metragem. Além de apresentar e avaliar o desenvolvimento histórico e como o mercado de distribuição e exibição de filmes está estabelecido no país, ela irá também propor a reflexão sobre novas possibilidades e caminhos, numa área que se encontra em grande transformação. Ela pretende ser útil para produtores e realizadores que planejam a carreira de suas obras e para curadores e programadores interessados no desenvolvimento de projetos de difusão de filmes, abarcando tanto o circuito de mostras e festivais (brasileiros e internacionais), quanto as janelas: cinema, tv e internet/ VOD (video on demand).

Quando: dia 29 de janeiro de 2019

Horário: das 14h às 18h

Local: Auditório da Porto Iracema das Artes (Rua Dragão do Mar, nº 60 – Praia de Iracema)

Vagas: 50 (por ordem de chegada)

Sobre o facilitador

Daniel Queiroz nasceu em Belo Horizonte e começou a trabalhar com programação de cinema no CEC – Centro de Estudos Cinematográficos, na década de 1990. Foi Diretor de Audiovisual da Secretaria de Estado de Cultura de Minas Gerais, programador do Cine Humberto Mauro, do Cine 104 e Diretor Artístico do Festival Internacional de Curtas de Belo Horizonte. Atualmente, é um dos coordenadores da Semana de Cinema, festival do qual participa como programador desde 2013. Em 2018, passou também a atuar também na área de distribuição, com a Embaúba Filmes, que tem em seu catálogo filmes como Arábia, Inferninho, Inaudito, Chuva É Cantoria na Aldeia dos Mortos e Os Sonâmbulos. 

SERVIÇO
O quê: Mostra Retroexpectativa 2018/2019
Quando: de 17 a 30 de janeiro de 2019
Onde: Cinema do Dragão, no Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura (Rua Dragão do Mar, 81 – Praia de Iracema)
Ingressos: R$ 14,00 (inteira) e R$ 7,00 (meia). Às terças-feiras, o valor do ingresso é promocional, R$ 10,00 (inteira) e R$ 5,00 (meia).

Texto Eduardo Sousa com informações da assessoria | Imagens: divulgação

 

Recomendado para você