Éshow!

Você é daqueles que teima em mexer no telemóvel no escuro, antes de dormir?

“Amor da minha vida,daqui até a eternidade, nossos destinos foram traçados na maternidade.”

Exagerado – Cazuza

Afaste-se desse hábito o quanto antes. Segundo um estudo publicado no New England Journal of Medicine, existem já alguns casos de pessoas que sofreram de cegueira temporária devido à interação constante com os smartphones no escuro.

No primeiro caso, uma jovem de 22 anos disse ao seu médico que estava com problemas de visão no olho direito à noite, quando já estava deitada. O problema, repetiu-se diversas vezes ao longo do ano, conseguindo apenas ver o contorno dos objetos com o olho direito. No dia seguinte, porém, ambos os olhos viam corretamente. Um exame ocular mostrou que a sua visão estava normal, sem sinais de coágulos de sangue ou outros problemas relacionados com a perda temporária de visão.

O segundo caso, por sua vez, surgiu numa mulher mais velha, de 30 anos, onde relatou ter acordado um dia de manhã sem ver de um olho. O problema persistiu durante cerca de 15 minutos e repetiu-se ao longo de seis meses.

Após vários testes e conversas com as pacientes, os espcialistas apuraram que os problemas de visão de ambas apareceram depois de estarem a mexer nos seus smartphones durante vários minutos, enquanto estavam deitadas de lado na cama, no escuro, e olhavam o ecrã do aparelho com apenas um olho – o outro olho ficava coberto pela almofada, com a pupila dilatada para se adaptar ao escuro.

Ou seja, não houve perda de visão verdadeira, mas sim um efeito semelhante ao modo como nos sentimos ao entrar em um quarto escuro depois de uma longa exposição à luminosidade. Uma vez que não se sabem ainda quais as consequências a longo prazo, é caso para prevenir!

Recomendado para você