Éshow!

Projeto “Caminhos da leitura” apresenta o livro “Dissolução”, da escritora cearense Cristiane Almada.

Cristiane Almada (34)
Poemas que compõem o livro, serão recitados, em um bate papo literário, na próxima terça-feira (26), às 19 horas, no Teatro Sesc Iracema.

Captura de tela 2016-07-19 às 15.32.27

O Projeto Caminhos da Leitura faz parte das ações do Programa Cultura do Sesc e realiza, mensalmente, diálogos entre literatura e as mais variadas possibilidades interativas como teatro, música e cinema. As ações visam incentivar grupos escolares do ensino fundamental e médio a pesquisar sobre o processo de criação e de obras literárias.

Terça-feira (26) será a vez do livro “Dissolução” se aliar ao projeto. A obra é composta por uma coletânea de 72 poemas bem lapidados. Leitura que inquieta, faz refletir e suscita o desejo de brincar de ser ora palavra narrada, ora palavra imagética – sem desvencilhar-se do lirismo poético. Nascido das percepções da escritora acerca das narrativas que compuseram sua própria vida, o livro mergulha no cotidiano, possuindo, contudo, um cunho íntimo à vivência de muitas pessoas – por vezes, é a alegoria da construção identitária em que, ao leitor, cabe a revelação final.

2711va0840

Quanto ao aspecto formal, Dissolução é um livro que faz jus ao título, já que prioriza a liberdade discursiva. Dessa forma, harmonizam-se versos brancos, soantes e tocantes, distribuídos em estrofes, por vezes, regulares e, em certos átimos, disformes, que nos encaminham para um universo linguístico que, ora surpreende pela presença de metáforas de invenção, edificadoras de uma poesia madura e participante; ora se impõe como uma linguagem jocosa, coloquial e espontânea.

Cristiane Almada é uma poetisa independente e já lançou dois livros. O primeiro, Amálgama, lançado em 2011, vendeu 2 mil cópias.

Algumas pessoas dizem que o Dissolução é mais maduro. O Amálgama foi como um ensaio, me atirei e só queria escrever, não tinha preocupação com nada”, revela Cristiane.

Para este novo trabalho, a autora buscou inspiração nos conceitos de fluidez do sociólogo polonês Zygmunt Bauman, autor de Modernidade Líquida e Amor Líquido. “É a essência do ser humano que se dissolve e tá sempre criando coisas diferentes”, explica.

Cristiane é leitora voraz desde a infância. Devorou a obra de Fernando Pessoa, Drummond e Baudelaire. Também se aventurou na prosa poética de Clarice Lispector e James Joyce. A maior influência, porém, vem de Manuel Bandeira, autor de A Cinza das Horas. “Gosto muito dele, e algumas pessoas encontram traços de sua fase melancólica em meus textos”, conta.

SERVIÇO:

Apresentação Artística: SESC Caminhos da Leitura

Livro: Dissolução – Cristiane Almada

Dia: 26.07 (terça-feira)

Horário: 19h

Local: Teatro SESC Iracema

Endereço: Rua Boris 90C, Praia de Iracema.

Informações: (85) 3252-2215

ENTRADA FRANCA

Recomendado para você