Éshow!

“Meu chapéu é o céu”, do Coletivo Instrumento de Ver, de Brasília, abre no dia 02 (sexta) a programação artística do II Noites Brasileiras – Festival Multicultural do Brasil

meu-chapeu-e-o-ceu-01-copy

A partir da montagem do espaço cênico de forma inusitada, três acrobatas provocam situações inesperadas, apresentando números de aéreos divertidos.

bale-baiao_hadaratte_foto-cacheado-braga-4-1400kb

Como em um passe de mágica, se penduram e realizam acrobacias entre roupas, água, sabão e varais. O espetáculo é “Meu Chapéu é o Céu”, que o Coletivo Instrumento de Ver, de Brasília, apresenta, abrindo a programação artística do II Noites Brasileiras – Festival Multicultural do Brasil, que acontecerá nos dias 02 e 03 de dezembro em Fortaleza. A apresentação será nesta sexta-feira, 02 de dezembro, às 20 horas, na Praça Verde do Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura, com acesso gratuito.

meu-chapeu-e-o-ceu-03

O espetáculo foi construído a partir de um roteiro lúdico e divertido. Tem como personagens três lavadeiras desajeitadas que se entregam a brincadeira de lavar, vestir e passar as roupas que compõem o cenário. Em meio a mágicas e bagunças, as personagens interagem entre si, hora resolvendo, hora promovendo os conflitos, criando um universo onírico para o espetáculo. Com direção de Leo Sykes, diretora do renomado grupo de circo-teatro Udi Grudi, “Meu Chapéu é o Céu” é um espetáculo cativante para todas as idades.

O FESTIVAL 

foto-diego-bresani-ellen-oleria-afrofuturista-apresentacao-700kb

A programação do II Noites Brasileiras é diversa e busca o diálogo sobre as possibilidades de artistas do Ceará, Minas Gerais e Distrito Federal, com trabalhos de destaque no teatro, na música e na dança. Será um final de semana de expressões e manifestações artísticas no Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura (Praça Verde) e equipamentos culturais no entorno: Estoril, Teatro SESC Iracema e Teatro da Praia.

PRIMEIRO DIA

A primeira noite do festival também será marcada pelas apresentações da cantora Fabíola Liper (CE), estreia do espetáculo de dança “Hadaratte, meu coração está aqui“, da Cia Balé Baião (CE), Performances Interativas da bailarina, coreógrafa e performer Silvia Moura (CE), show “Afrofuturista” com a cantora Ellen Oléria (DF), a Cia Cearense de Molecagem, de  Carri Costa, com “Malasombro“, show de lançamento do CD “ Démodé?!”, da cantora Mel Mattos, encerrando com show de Eliane, a Rainha do Forró.

Além de apresentações artísticas, o festival promove os Territórios Criativos, nos dois dias, das 14h às 18h, no Estoril, com atividades formativas e rodadas de negócios abertas à participação de profissionais das artes, em especial, dança, música e teatro. A proposta do Noites Brasileiras é a cada edição gerar novos encontros, trocas e intercâmbios para a construção de novas possibilidade de relação com as culturas e os produtos culturais.

No sábado a programação continua com mais espetáculos nas três linguagens contempladas pelo festival. Nos dois dias, são 15 atrações entre música, teatro e, dança, além dos convidados para os Territórios Criativos.

A WM Cultural é a empresa responsável pela realização do festival junto ao Espaço Frei Tito de Alencar (ESCUTA), em parceria com a Enel Geração Fortaleza, apoio cultural do Governo do Estado do Ceará, por meio da Secretaria da Cultura (Secult), apoio Ypióca Fogo Santo e apoio institucional do Sesc Ceará, Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura e Prefeitura Municipal de Fortaleza, através daSecretaria Municipal da Cultura (Secultfor)
 

VIDEOS DE ATRAÇÕES DO II NOITES BRASILEIRAS

DIA 02

 

Coletivo Instrumento de Ver (DF) – “Meu chapéu é o céu”

 

Ellen Oléria (DF)

 

Mel Mattos (CE)

 

DIA 03

 Grupo Teatro Andante (MG) – “Olympia”

vídeo completo: www.vimeo.com/teatroandante  / www.vimeo.com/86448739

Para assistir vídeo-promo (5 min.): www.vimeo.com/86790141

 

Lídia Maria (CE):

 

Flávio Renegado (MG):

Recomendado para você