Éshow!

Lady Gaga e seus Looks mais icônicos: “Eu vim para desconstruir padrões”

Neste 28.03, Lady Gaga celebra seu aniversário e, para marcar a ocasião, relembramos alguns de seus visuais mais marcantes.

Todos os looks da popstar são um acontecimento, é verdade, mas dependendo do dia, do humor e da fase musical de Gaga, eles mudam drasticamente.

O lado mais conhecido de Gaga, que nos trouxe o vestido de carne, o de renda vermelha e muitos memes. A cantora costuma reservar seus visuais mais excêntricos, temáticos e extravagantes para red carpets de prêmios voltados à música e à cultura pop.

Stefani Germanotta nasceu na cidade de Nova Iorque em 28 de março de 1986, filha mais velha de Joseph Germanotta, um empreendedor de internet, e Cynthia Germanotta (nascida Bissett). Descendente de italianos da Sicília e de franceses do Canadá,ela é a mais velha de duas crianças. A sua irmã, Natali, uma estudante de moda, nasceu em 1992.

Aos onze anos de idade, Germanotta frequentou o Convent of the Sacred Heart, uma escola católica romana privada no Upper West Side em Manhattan, mas afirmou não vir de uma família rica, dizendo que seus pais ambos vieram de famílias de classe baixa, então trabalharam por tudo: “minha mãe ficava doze horas por dia fora de casa, em telecomunicações, e o meu pai também.

“Ela aprendeu a tocar piano aos quatro anos de idade, e escreveu a sua primeira canção de balada no instrumento aos treze; por volta dos quatorze, começou a comparecer em casas noturnas de apresentações livres ao microfone. Uma ávida atriz em musicais de ensino médio, Germanotta interpretou papéis principais como Adelaide em Guys and Dolls e Philia em A Funny Thing Happened on the Way to the Forum.Gaga descreveu a sua vida acadêmica na escola como “muito dedicada, estudiosa e disciplinada”, mas também “um pouco insegura”, como disse em uma entrevista: “Eu costumava ouvir brincadeiras por ser tanto provocativa como excêntrica, então comecei a baixar o tom.

Eu não me encaixava, e me sentia como uma estranha”.Conhecidos discutem que ela não encaixava-se na escola: “Ela tinha um grupo central de amigos; era uma boa aluna. Ela gostava muito de garotos, mas cantar vinha em primeiro lugar”, recordou um colega do ensino médio. Referindo-se ao seu “expressivo livre espírito”, Gaga disse à revista Elle: “Eu sou canhota!” Ela também apareceu em um papel muito pequeno como uma colega de escola maliciosa na série de televisão dramática The Sopranos em um episódio emitido em 2001 intitulado “The Telltale Moozadell”, e fez audições para programas de televisão nova-iorquinos, sem sucessos.

Após a escola secundária, a sua mãe encorajou-a a fazer uma candidatura para o Collaborative Arts Project 21 (CAP21), um conservatório de treino de teatro musical na Tisch School of the Arts da Universidade de Nova Iorque.

Aos dezessete anos, em 23 de agosto de 2003, Germanotta ganhou uma admissão antecipada para a Tisch School of Arts e morou em um dormitório da universidade na Rua 11. Lá, ela estudou música e melhorou as suas habilidades de composição ao escrever dissertações e artigos analíticos, focando em assuntos como arte, religião, questões sociais e políticas, incluindo uma tese sobre sobre os artistas de música pop Spencer Tunick e Damien Hirst.

Gaga sentiu que era mais criativa do que alguns dos seus colegas: “Uma vez que você aprende a pensar sobre arte, você pode ensinar a si mesmo”, disse. Pelo segundo semestre do seu segundo ano, saiu da escola para focar-se em sua carreira musical. Seu pai concordou em pagar o seu aluguerl por um ano, sob a condição de que ela se rematriculasse para a Tisch caso fosse mal-sucedida.

“Eu abandonei a minha família inteira, consegui o apartamento mais barato que podia encontrar, e me dei mal até que alguém me ouvisse”, disse ela. Após isto, ela fez audições para mais papéis e foi apanhada no reality show da MTV Boiling Points.

Recomendado para você