Éshow!

Programa EDP nas Escolas inicia atividades no Ceará nesta sexta 8 de junho

Programa EDP nas Escolas inicia atividades no Ceará nesta sexta 8 de junho

 Mais de 300 alunos da rede pública de São Gonçalo do Amarante serão beneficiados pelo programa, que traz melhorias para o ambiente de aprendizado na rede pública

Na próxima sexta (08), o projeto EDP nas Escolas inicia suas atividades no Ceará, na Escola Poetisa Abigail Sampaio, distrito de Parada, no município de São Gonçalo do Amarante. A partir das 14 horas, haverá entrega dos kits de material escolar básico, com participação de cerca de 400 pessoas, entre alunos e familiares. Até dezembro, o programa pretende beneficiar 315 alunos, do 1º ao 5º ano, em unidades públicas de ensino.

Visando à melhoria do ambiente escolar e do aprendizado de estudantes do ensino fundamental, a inciativa realiza ainda diversas ações nas instituições participantes, como o Concurso Arte com Energia, que este ano tem o tema “Nossa Energia para Cuidar Sempre Melhor”. O tema será retratado utilizando fotos de intervenções sociais, culturais ou ambientais como mecanismo desencadeador de reflexão sobre valores humanos, estimulando a reflexão para a construção de uma sociedade cidadã.

 

Os alunos se reunirão em grupos e cada turma deverá criar e desenvolver uma intervenção social que reflita o que foi discutido em sala de aula sobre o tema sugerido e mobilizar a comunidade para a ação. Essa intervenção pode ser a pintura de muros, plantio de hortas, e limpeza de praças, entre outros. Cada turma deverá postar fotos e textos de referência com a hashtag “artecomenergia18” em sua conta do Instagram até o fim de agosto.

 

O tema também estará presente na programação do Teatro nas Escolas, circuito de apresentações temáticas que faz parte do cronograma. Com foco nos educadores, o EDP nas Escolas promoverá também sessões de Capacitação para Professores, contribuindo com a formação dos docentes para que desenvolvam e fortaleçam suas competências socioemocionais.

 

Por meio de diversas atividades, o EDP nas Escolas incentiva, capacita e premia o potencial criativo de crianças e adolescentes nos estados do Amapá, Bahia, Ceará, Espírito Santo, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, São Paulo e Tocantins.

 

“O EDP nas Escolas é um dos projetos mais antigos do Instituto EDP, que neste ano completa uma década de atuação. Ao mesmo tempo em que atua na formação de cidadãos, contribui para a melhoria dos indicadores da educação e traz atividades e eventos lúdicos, que atraem a participação dos estudantes e da comunidade do entorno onde é realizado”, destaca Paulo Ramicelli, assessor de diretoria do Instituto EDP.

 

O programa é realizado pela EDP, empresa que atua em todos os segmentos do setor elétrico no país, e é coordenado pelo Instituto EDP, organização que gere os investimentos socioambientais da Companhia. No Ceará, a EDP é responsável pela UTE Pecém. Em operação desde 2012, a UTE Pecém gera 370 empregos diretos e 1.053 empregos indiretos. A atividade da usina é responsável pela transformação do Ceará de estado importador para estado exportador da energia elétrica.

 

Sobre a EDP e IEDP

 

Com mais de 20 anos de atuação, a EDP é uma das maiores empresas privadas do setor elétrico a operar em toda a cadeia de valor. A Companhia, que tem mais de 10 mil colaboradores diretos e terceirizados, atua em Transmissão, Comercialização e Soluções em Energia e possui 15 unidades de geração hidrelétrica e uma termelétrica. Em Distribuição, atende cerca de 3,4 milhões de clientes em São Paulo e no Espírito Santo. Recentemente, adquiriu participação na CELESC, em Santa Catarina. No Brasil, é referência em áreas como Inovação, Governança e Sustentabilidade, estando há 12anos consecutivos no Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE) da B3. Possui valor de mercado de cerca R$ 9 bilhões, três vezes mais do que em 2005, quando abriu seu capital em bolsa.

 

O Instituto EDP tem como responsabilidade estruturar os investimentos e as iniciativas sociais da Companhia, preferencialmente em frentes ligadas à valorização da Língua Portuguesa, educação, desenvolvimento local com geração de renda, empreendedorismo e ao voluntariado, por meio do esporte, da cultura e da saúde. Em 2017, foram apoiados 35 projetos, beneficiando 60 mil pessoas.

 

Atendimento à imprensa:

AD2M Engenharia de Comunicação

www.ad2m.com.br | (85) 3258.1001