Éshow!

Dicas para viajar com seu Bulldog Mike & Jeri

Dicas para viajar com seu Bulldog
Mike & Jeri

Essa semana fomos passear em Jericoacoara – Litoral Oeste do Ceará e claro, o Mike foi com a gente.


O primeiro desafio foi hospedagem, alugar um quarto em uma pousada que aceitasse pets. Conseguimos uma pelo Booking.com.
Fomos e ele A-DO-ROU!

D2CEB631-EA92-4155-B94F-E44DE06C98D2 DD2014F2-772D-4CA4-8EC6-1BF9252750F2
Amamos cada segundo e ele se divertiu bastante.
Aqui vão algumas dicas para garantir que sua a viagem não tenha nenhuma surpresa desagradável:

ANTES DE VIAJAR
– Anti-pulga
Certifique-se que o anti-pulgas do seu bull protege – além do básico –, também da picada do mosquito transmissor da doença do coração muito comum em cidades praianas. O Mike usa a coleira Scalibor foi bem recomendada pela vet dele.
– Atestado de saúde e carteirinha de vacinação
Pode ser exigido pela polícia rodoviária, se seu carro for parado, ou ainda por empresas de transporte, caso o bull não esteja viajando com você. O atestado deve ser emitido por um veterinário e ser gerado no máximo com data de 3 dias antes da viagem. E a carterinha tem que ter a vacina anti-rábica em dia. Não usamos nenhum dos dois, mas é bom ter para evitar transtornos e imprevistos.
– Trajetos só com ar condicionado
Faça todos os trajetos com o ar condicionado ligado! Mas como é bom evitar o choque térmico, deixe o carro fresco e não congelante!
NA PRAIA
– Encontre uma praia pet friendly (e de mar calmo)
Nem todas praias aceitam cães, para não perder a viagem, pesquise antes de ir. Na rede não tem muita informação sobre isso, então a indicação pode ser a melhor forma de descobrir.

– Leve água doce
Cuide para que seu bull beba bastante água e fique bem hidratado. Depois de curtir o mar, jogue um pouco de água doce nele para tirar o sal. Isso vai evitar que ele fique com coceiras ou alergias.
– Cuidado com o mar
O Mike não é muito fã do mar e sim de lagoas , por isso, foi bem cauteloso na interação com o mar. Mas sei que alguns bulls curtem e podem se empolgar no mergulho. Fique atento para evitar acidentes. Você pode comprar salva-vidas para ter mais segurança.
– Placa de identificação
Como praias geralmente são cheias nessa época, não esqueça de colocar no seu bull a plaquinha de identificação com seus dados de contato.
– Evite caminhadas longas
Toda a agitação de um novo ambiente, mais a exposição ao calor podem deixar seu bull bem cansado. Deixe-o explorar, mas não faça caminhadas muito longas.
PÓS-PRAIA
– Banho
Sal e areia são uma combinação não muito agradável para gente, imagina para que tem pêlo! Quando voltar da praia, dê um banho no seu bull – de preferência com água com temperatura ambiente e deixe-o secar naturalmente (quando possível).
– Descanso
Um dia na praia cansa! Depois de toda a agitação, deixe-o de preguiça descansando. Ele vai precisar dessa pausa!