Éshow!

15 de fevereiro é Dia Internacional de Luta contra Câncer na Infância; saiba a importância da Psicologia no enfrentamento da doença

 
15 de fevereiro é Dia Internacional de Luta contra Câncer na Infância; saiba a importância da Psicologia no enfrentamento da doença
A cada ano, em todo mundo, cerca de 300 mil crianças e adolescentes são diagnosticados com câncer. Conforme o Instituto Nacional de Câncer (Inca), nas últimas quatro décadas, o progresso do tratamento contra a doença nesta faixa etária foi significativo. Pesquisa mostra que se diagnosticados precocemente e tratados em centros especializados, a maioria dos pacientes terá boa qualidade de vida após o tratamento adequado.
A importância do acompanhamento psicológico especializando para o enfrentamento da doença, inclusive, no momento em que o diagnóstico é recebido pela família é destaque na evolução do tratamento. Segundo a psicóloga infantil Felícia dos Santos, tudo que envolve o câncer faz requerer cuidados especiais, já por si só a doença trazer uma série de estigmas sociais.
“Há todo um estranhamento e dificuldade de aceitar. Processo que inclui muito sofrimento e dúvidas em relação a finitude. Quando se fala no diagnóstico é inevitável o pensamento sobre a morte e possibilidade em perder o ente querido. Isso maltrata muito paciente e família. Se tratando de criança há sensibilização ainda maior. A universo pessoal da criança é reduzido porque a rotina muda. O sofrimento também está na família em acompanhar essa criança deixando a condição de ser criança, como as brincadeiras”, aborda Felícia.
Para a psicóloga infantil, as alterações na imagem pessoal devido ao tratamento também requer atenção especial por conta dos prejuízos acentuados à auto-estima. A preparação emocional do paciente e dos mais próximos que estão ao seu redor é aliada quando se fala em desenvolver repertório de enfrentamento e aceitação do processo para: “ajudar a desenvolver resiliência e esperança, evitando, por exemplo, depressão profunda”, acrescenta a especialista.

Laura Bandeira Jornalista Âncora Comunicação