Éshow!

JAMAICA É O TEMA DO CAMAROTE EXPRESSO 2222 O espaço, único só para convidados do Carnaval de Salvador, continua em frente ao Farol da Barra, portal de entrada dos trios elétricos

JAMAICA É O TEMA DO CAMAROTE EXPRESSO 2222

O espaço, único só para convidados do Carnaval de Salvador, continua
em frente ao Farol da Barra, portal de entrada dos trios elétricos

A people without the knowledge of its history is like a tree without roots.”

Marcus Garvey, ativista jamaicano

“(…) the popular music of Jamaica, the music of the people, is an

essentially experiential music. The music reflects the historical experience.”

Linton Kwesi Johnson, escritor jamaicano, criador da poesia dub

É na esquina mais musical da folia baiana e homenageando a Jamaica que o Expresso 2222 celebra a sua maioridade: são 21 carnavais recebendo artistas, empresários, políticos, jornalistas e personalidades do Brasil e do exterior. Ocupando um andar inteiro do Edifício Oceania, um dos prédios mais icônicos de Salvador e portal de entrada dos trios elétricos no Circuito Dodô (Barra-Ondina), o Camarote funcionará de sexta-feira [01.03] até terça-feira [05.03], das 15h30 às 4h, mantendo-se como o único espaço exclusivamente para convidados do Carnaval.

A escolha da Jamaica como tema do Camarote tem relação direta com a influência que esse país caribenho exerceu sobre Gilberto Gil, sobre a música baiana, em sentido estrito, e sobre a cultura baiana, em sentido lato. A potente verve cultural jamaicana alcança também cores, atitudes, estilos e sentimentos que se refletem no cotidiano do estado mais negro do Brasil. Para Gilberto Gil, “a mensagem da cultura jamaicana é de autonomia e autodeterminação. E sua música é uma declaração não oficial de uma nova geração de direitos humanos, culturais e ambientais”

De fato, há um conjunto de questões e temas da humanidade que caracteriza a cultura da Jamaica e que muito se assemelha com a contribuição que a Bahia dá ao Brasil e ao mundo. É com essa inspiração que estará ambientado o Camarote Expresso 2222, em frente ao Farol da Barra, desde a decoração e elementos cênicos até o line-up das atrações musicais dentro do espaço.

A cenografia, assinada por Sonja Lopes e Nubia Caloula, usará as cores da bandeira da Jamaica, sendo que o verde representa a esperança para o futuro e a riqueza agrícola, o ouro representa a luz solar e a riqueza natural, e o preto simboliza os habitantes e a criatividade da Jamaica. O mobiliário e os objetos decorativos remeterão a uma atmosfera caribenha com o apoio das marcas Baú +, Todeschini, Venturoli e Luminata. Além disso, haverá um palco interno, espaços gourmet, bares, áreas de customização, salão de beleza, espaço bem-estar, SPA e boate.

O line up da boate teve o dub jamaicano como ponto de partida para a sua composição, já que esse é o ritmo caribenho que mais tem influenciado os artistas baianos, depois do reggae e seguido pelo afrobeat e pelo ragga. A banda Afrocidade, por exemplo, terá duas apresentações, uma na sexta-feira [01/03], no primeiro dia de funcionamento do camarote, com abertura do Bloco Muzenza, e outra na terça-feira [05/03], último dia. O Baile O Pente, conhecido como o mais negro do Brasil, também ganhou dose dupla: uma no sábado [02/03], com a DJ Nai Sena e participações de Aurea Semiseria e Clariana, e outra na segunda [04/03], com DJ Pivoman e participações de Hiran feat Majur. Já a atração principal de domingo [03/03] será a dupla Tropkillaz, que mistura funk, samba, latinidades, com house music e ritmos jamaicanos.

E todos os dias, o DJ Raiz, residente do Camarote Expresso 2222, apresenta-se com dois sets, antes da atração principal, das 20h à meia noite, e depois da atração principal, das 2h às 4h. DJ Raiz é um dos precursores da cultura sound system na Bahia e integrante da equipe de som Ministereo Público, primeiro sistema de som da Bahia inspirado nos sound systems jamaicanos. Além do dub, os ritmos que ele mais toca são: reggae roots, dancehall (ragga), hip hop, afrobeats, kizomba, afrohouse, kuduru e samba. Raiz já mixou músicas ao lado de vários outros artistas e bandas, como Russo Passapusso, Kondzilla, Atooxá e Psirico.

A maioridade do Camarote Expresso 2222 remete ao verão de 1999, quando, a partir de um pedido de Bela Gil, a empresária Flora Gil alugou um andar no Oceania, buscou apoio de empresas, investiu dinheiro próprio e inaugurou, então para 100 pessoas, o Expresso 2222, um dos primeiros camarotes não comercializados da festa. Vinte e um anos depois, o clima familiar e a tradição em oferecer excelente localização, muita alegria e conforto fazem do camarote um dos espaços mais desejados da folia.

Com patrocínio máster do BRADESCO, que participa do camarote há quase 20 anos, o Expresso vai receber cerca de cinco mil convidados. Tudo com a direção de Flora Gil, em parceria com Fafá Giordano, Marília Gil, Maria Gil, Marina Morena e Pedro Tourinho. Importantes apoiadores também ajudam a incrementar ainda mais o espaço: Sephora, Ipanema, Avatim, Cielo, Skyy Vodka, Coca-Cola, Ellus, Ferreira Costa, Suvinil, Shopping da Bahia, DeMillus, Rádio Globo e Grupo A Tarde.

GASTRONOMIA

Esse ano, quem assina o buffet do camarote é o Restaurante Amado, sob comando de Mônica Badaró, que terá uma cozinha show na estação gourmet, onde serão preparados risotos, arrozes e massas diversas com produtos da Camil, Coqueiro e União, além da tradicional mesa com queijos, embutidos, saladas, quiches e frutas da Federicci. Entre as novidades estão a Tapiocaria, que preparará, também na frente dos convidados, deliciosas receitas com a tapioca Mãe Terra que serão servidas com o azeite Andorinha Orgânico, ambos assinados por Bela Gil.

Já a Estação Prensada terá hot dogs e mini hambúrgueres prensados, lanches pequenos para quem não quer perder a passagem de nenhum trio elétrico. Outras opções para essas pessoas, aliás, serão os snacks, como chips e tacos, que circularão pelo espaço com os promotores. A Chimmey Cake, enquanto isso, irá preparar na hora, o famoso petisco alemão recém-chegado a Salvador, em sabores como parma, cinco queijos e pepperoni. E a Perini montará uma estação de petiscos, doces, salgadinhos feitos na hora, inclusive a famosa coxinha de catupiry.

Para as sobremesas não faltarão opções: sorvetes e picolés de frutas tropicais da La Fruta e chocolates trufados da Sorveteria da Barra, doces diversos e a novidade do mini bolo de rolo da Confeitaria Confeito, chocolate cremoso e barras de chocolate orgânico na Chocolataria Mendoá, e chás, café expresso e capuccino na Cafeteria que tem a marca da Três Corações.

SUSTENTABILIDADE

Desde o primeiro ano do Camarote Expresso 2222, há uma preocupação muito grande com o desenvolvimento sustentável, não só no sentido de conscientizar os convidados, mas também no de efetivamente reciclar o lixo produzido durante toda a festa. Esse ano, com a consultoria da empresa Toca Ambiental, a meta é alcançar 100% de reciclagem de resíduos sólidos e também de resíduos orgânicos, que passarão pelo processo de compostagem, sendo transformados em adubo.

BAHIA E A MÚSICA VINDA DA JAMAICA

A relação da Bahia com a música vinda da Jamaica começou nos anos 1950, com a chegada dos primeiros discos de vinil a Salvador, e tornou-se mais fecunda a partir dos anos 1970, através da obra de Gilberto Gil e do inusitado surgimento do reggae baiano, principalmente com os cantores Edson Gomes e Sine Calmon.

Nos anos 1980, o maestro Neguinho do Samba, do Olodum, criou o samba-reggae. Sua invenção revolucionou o carnaval baiano naquela década e fez com que o ritmo passasse a ser conhecido no mundo todo, sendo gravado por Michael Jackson, Paul Simon e Wayne Shorter.

O bloco afro Muzenza, que exalta Bob Marley, assim como outros blocos afros, é a prova da força da influência da Jamaica na capital baiana. Atualmente, bandas como Dubstereo, OQuadro, Bemba, SKAnibais e Afrocidade, e sound systems como Ministereo Público, Ambulante Original e BaianaSystem fazem festas tocando dancehall e ragga na Bahia.

São muitas interferências jamaicanas assimiladas pela Bahia: ska, reggaeton, dub, dub step, bass culture, reggae, filosofia rastafari, afrobeat. Tudo isso mesclado com efeitos sonoros, delas, reverbs, técnicas de mixagem, linhas de baixo muito fortes, padrões de bateria reverberantes, samples cortadas e uma poderosa crença no poder da palavra.

CAMAROTE EXPRESSO 2222

Funcionamento: Sexta-feira e terça-feira, de 15h30 às 4h

Endereço: Rua Almirante Marques de Leão, nº 46 – Barra

Credenciamento de imprensa:expresso2222@viapress.com.br

VIA PRESS

ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO NACIONAL E COMUNICAÇÃO DIGITAL

Assessoria de Imprensa Gabriel Monteiro