Éshow!

Orquestra Contemporânea Brasileira faz apresentação gratuita no Cineteatro São Luiz, em Fortaleza Projeto da Associação dos Amigos da Arte (AAMARTE), apoiada pelo Instituto EDP, realiza primeira apresentação profissional em 26 de março

Orquestra Contemporânea Brasileira faz apresentação gratuita no Cineteatro São Luiz, em Fortaleza

Projeto da Associação dos Amigos da Arte (AAMARTE), apoiada pelo Instituto EDP, realiza primeira apresentação profissional em 26 de março

 

Fortaleza, 22 de março de 2018 – A EDP, empresa que atua em todos os segmentos do setor elétrico, por meio do Instituto EDP, tem a honra de anunciar a primeira apresentação profissional do projeto Orquestra Contemporânea Brasileira, da Associação dos Amigos da Arte (AAMARTE), apoiada pela empresa. O evento ocorrerá em 26 de março, às 19 horas, no cineteatro São Luiz, em Fortaleza. A apresentação gratuita faz parte da programação que comemora os 61 anos do equipamento cultural.

Formada por músicos profissionais, a Orquestra se apresenta com formação sinfônica, constituída por 43 artistas que tocam instrumentos de corda, sopro e percussão. No evento inaugural serão interpretadas obras de compositores como Bach, Mozart, Vivaldi e dos brasileiros Guerra-Peixe, Luiz Gonzaga e Chiquinha Gonzaga. O repertório passará por estilos que vão do Barroco à música popular brasileira.

É o primeiro ano de apoio da EDP ao projeto, que atende cerca de 160 crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade social no Ceará. “A transformação social se fortalece quando a cultura é fomentada e ampliada por meio de parcerias construtivas como esta. Estamos muito felizes em fazer parte desta conquista da primeira apresentação da orquestra profissional”, diz Paulo Ramicelli, assessor de diretoria do Instituto EDP.

Além de contribuir com a ampliação do mercado da música no Estado, a iniciativa assumiu um importante compromisso com a formação de novos instrumentistas. Jovens bolsistas serão selecionados para se apresentarem junto aos músicos profissionais e participarão de aulas e “masterclasses” com professores do Brasil e do exterior. Com o apoio da EDP, a AAMARTE também está criando um novo núcleo de formação musical, em São Gonçalo do Amarante, onde jovens terão aulas de música e posteriormente poderão se apresentar junto ao Grupo em apresentações profissionais.

A direção artística da OCB é do maestro Arley França, que é Doutor em Educação, Mestre e Licenciado em Música, e fundador da Orquestra de Sopros de Pindoretama, acumula a experiência de criação de mais de 40 bandas e orquestras infantojuvenis no Ceará e a direção de concertos na Alemanha e Noruega.

Cineteatro São Luiz

Sala com maior média de espectadores por sessão de cinema no Brasil, o Cineteatro São Luiz, em seu primeiro ciclo de gestão desde sua reabertura pela Secretaria da Cultura do Estado do Ceará (maio de 2015 a dezembro de 2018) recebeu 602.437 espectadores em 2.667 atividades, chegando a média diária de 450 espectadores.

Sendo capaz de abrigar, em alta performance, diversas linguagens artísticas em seus “seis palcos”, o equipamento rebatizado de Cineteatro chega em março de 2019 aos 61 anos em plena atividade.  Para comemorar a data, 36 filmes serão exibidos em 42 sessões de cinema gratuitas, além de espetáculos musicais, teatrais, de dança, musical e a estreia da Orquestra Contemporânea Brasileira.


Serviço:

Concerto inaugural da Orquestra Contemporânea Brasileira

Local: Cineteatro São Luiz

Data: 26 de março

Horário: 19 horas

Gratuito

 

Sobre EDP e IEDP

Com mais de 20 anos de atuação, a EDP é uma das maiores empresas privadas do setor elétrico a operar em toda a cadeia de valor. A Companhia, que tem mais de 10 mil colaboradores diretos e terceirizados, atua em Transmissão, Comercialização e Serviços de Energia, e possui 6  unidades de geração hidrelétrica e uma termelétrica. Em Distribuição, atende cerca de 3,4 milhões de clientes em São Paulo e no Espírito Santo. Recentemente, adquiriu participação na CELESC, em Santa Catarina. No Brasil, é referência em áreas como Inovação, Governança e Sustentabilidade, estando há 12 anos consecutivos no Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE) da B3.

 

Desde que foi fundado em 2008, o Instituto EDP investiu mais de R$ 100 milhões em projetos socioculturais, que beneficiaram cerca de três milhões de pessoas, em cerca de 400 programas espalhados por todo o País. Somente em 2018,  iniciativas apoiadas pela organização favoreceram 80 mil moradores das comunidades do entorno das áreas de atuação da Companhia. O Instituto EDP tem como responsabilidade estruturar os investimentos e as iniciativas sociais da EDP em frentes ligadas à valorização da Língua Portuguesa, à educação, ao desenvolvimento local com geração de renda, ao empreendedorismo e ao voluntariado, por meio do esporte, cultura e saúde.

Mais informações para a Imprensa:

AD2M Engenharia de Comunicação

www.ad2m.com.br