Éshow!

Abril Marrom é dedicado à prevenção de doenças que causam cegueira

Abril Marrom é dedicado à prevenção de doenças que causam cegueira

Segundo o último censo do IBGE, o Brasil contabilizou quase 530 mil pessoas cegas até 2010. Pesquisas oftalmológicas apontam que, até 2020, quase 39 milhões de pessoas estarão com o problema. Vitamina C destaca-se no combate

Abril é um mês especial para o combate à cegueira, já que é nele que são celebrados o Abril Azul e o Dia Nacional do Braille, que acontece sempre no dia 8. As datas chamam atenção para o problema que, segundo a Conselho Brasileiro de Oftalmologia (CBO), pode ser prevenido com diagnóstico precoce de doenças como glaucoma e catarata. A Organização Mundial de Saúde (OMS) estima que 80% dos casos poderiam ser evitados.

Dados de pesquisa publicada em 2017 na revista médica Lancet apontam que até aquele anos havia cerca de 36 milhões de pessoas cegas no mundo. O estudo foi realizado com base no Global Vision Database, banco de dados com foco em saúde ocular. Estima-se que, até 2020, aproximadamente mais 2,5 milhões de pessoas serão cegas, totalizando algo em torno de 38,5 milhões. No Brasil, conforme o último censo do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), de 2010, 528.624 pessoas são incapazes de enxergar.

A oftalmologista Pollyana Landim destaca que, com o acréscimo, nos últimos anos, de pessoas acometidas por doenças que causam cegueira, campanhas como o Abril Marrom provocam impacto social e fazem com que a população desperte para a necessidade de prevenção. “A média aponta que a grande maioria dos casos de cegueira poderia ter sido evitada. Então, é realmente necessário que a cultura de atenção à saúde ocular exista”, esclarece a médica.

Doenças como glaucoma, retinopatia diabética e degeneração macular relacionada à idade (DMRI) são as principais causas da cegueira em adultos. Entre as crianças, glaucoma congênito, retinopatia da prematuridade, catarata congênita e toxoplasmose ocular congênita são as principais causadoras. Pollyana explica que já na fase infantil, durante o processo de alfabetização, consultas rotineiras com oftalmologistas devem acontecer.

A alimentação também é um forte aliado da saúde dos olhos. Legumes e frutas são indicados para a prevenção de doenças. “Alimentos como vitaminas e antioxidantes são benéficos à saúde dos olhos e podem até mesmo evitar a cegueira. A vitamina C destaca-se entre as frutas cítricas como nutriente que mais combate radicais livres, moléculas que em excesso danificam as células do corpo”, complementa.

Atenciosamente,