Éshow!

Dr.Weyber Holanda & Dra. Amanda Holanda Ortodontia Estética Você sabia ?Lente de contato dental: o que é, antes e depois

Dr.Weyber Holanda & Dra. Amanda Holanda Ortodontia Estética

Você sabia ?Lente de contato dental: o que é, antes e depois

Com o desenvolvimento da Odontologia surgem cada vez mais opções de procedimentos para tornar o sorriso atraente. Um deles, a lente de contato dental, vem se tornando cada vez mais popular, principalmente entre os famosos.

A técnica é capaz de proporcionar grandes melhorias na forma e cor dos dentes em pouco tempo. A seguir, saiba mais sobre o procedimento:

O que é lente de contato dental?

Lente de contato dental consiste em um laminado extrafino que é colado sobre a superfície externa dos dentes.

“Por ser muito fina, se assemelha com a lente de contato ocular, daí o motivo de ter recebido esse nome”, explica o cirurgião dentista Carlos Cordeiro, da Clínica Carlos Cordeiro.

Do que é feita?

Há dois tipos: a lente de contato dental com resina ou a faceta de porcelana. A escolha do material dependerá dos objetivos do tratamento.

Como é feita?

Primeiramente, o odontologista deve entender os motivos que levaram o paciente a optar pelas lentes de contato dental e avaliar se este é, realmente, o procedimento mais vantajoso e adequado para o caso.

Caso o uso das próteses seja válido, o profissional analisa a forma e a cor ideal das lentes de contato dentais para cada paciente, visto que o laminado deve combinar com o rosto, os lábios e a personalidade da pessoa.

Mock up

Em alguns casos, o paciente pode ter uma prévia de como ficará o sorriso após a colocação da lente de contato dental por meio da aplicação de uma resina bisacrílica sobre os dentes naturais, sem que nenhum desgaste seja necessário.

O material dura no máximo dois dias é indicado para quem ainda não está seguro e gostaria de visualizar os resultados antes de investir altos valores em laminados definitivos.

Preparo dos dentes

Após paciente e odontologista chegarem a um consenso sobre a cor, formato e posição das lentes, é necessário preparar os dentes originais para recebê-las.

Para isso, “a superfície do dente recebe pequenas alterações por meio de desgastes.

Produção

Após o preparo dos dentes, a boca é escaneada com uma câmera 3D e o novo sorriso é desenhado no computador. Por fim, a lente de contato dental é produzida manualmente ou em uma máquina que funciona como uma impressora 3D.

Colocação

A última fase consiste na colocação das lentes, já prontas, por meio de uma espécie de adesivo líquido.

Nesta etapa, é essencial que detalhes de encaixe e tamanho sejam milimetricamente adequados pelo profissional.

Precisa de anestesia?

Se for necessário um desgaste dentário tão abrangente que alcance a dentina, tecido responsável pela sensibilidade, é preciso anestesiar o paciente para evitar incômodos. Caso contrário, não é necessária anestesia.

Quantas sessões são necessárias?

São necessárias pelo menos três sessões com o dentista para completar a colocação das lente, visto que há diversas fases no processo, como planejamento, preparo, mock up e aplicação dos moldes.

Quem pode usar as lentes?

O tratamento com lente de contato dental somente é indicado para pequenas correções estéticas de posicionamento, tamanho, formato, volume, textura ou cor que não foram resolvidas por outros tratamentos

Grandes desvios estéticos, como dentes tortos, ainda precisam de um tratamento ortodôntico prévio. É também muito importante que a estrutura dentária que irá receber as lentes, esteja saudável e resistente.

Então, o mais comum é que a  lente de contato dental seja utilizada para corrigir:

  • Afastamento: fechamento avantajado de espaços entre dentes, que são diastemas
  • Tamanho: alongamento de comprimento e largura dos dentes
  • Textura: correções na textura dos dentes desgastados
  • Forma: correção de dentes quebrados ou lascados
  • Cor: alterações de manchas ou cores
  • Antes e depois: como fica?

 

Graças à tecnologia e aos novos materiais, os resultados obtidos com a lente de contato dental são muito satisfatórios. Em poucas consultas, um sorriso pode ser completamente renovado de forma rápida e segura.

Quais são os riscos?

Quando feito por um profissional capacitado, o procedimento não apresenta grandes riscos.

Apesar disso, é importante que o paciente seja bem avaliado para identificar possíveis problemas de saúde bucal e para que os preparos e moldagens sejam feitas corretamente.

Dura quanto tempo?

Geralmente, a lente de contato dental dura de 5 a 10 anos, quando precisa ser substituída.

Contudo, algumas situações podem requerer manutenção, como retração gengival – gengiva subir – falha na cimentação ou adaptação.

Pode tirar depois?

O tratamento é definitivo. Uma vez colocado, só pode ser substituído, mas não removido totalmente, já que o dente original permanecerá desgastado.

“Apesar das modificações no dente natural serem pequenas, são irreversíveis. Portanto, antes de iniciar o tratamento é muito importante um planejamento criterioso por parte do profissional e aprovação do paciente por meio das lentes provisórias”, acrescenta Carlos Cordeiro.

Contraindicações

Existem algumas contraindicações para o uso de lente de contato dental. Pacientes que possuem muitas restaurações nos dentes ou bruxismo severo devem procurar outras formas para melhorar a estética oral. Por exemplo, reabilitações com coroas de porcelana.

Além disso, o procedimento é contraindicado para pessoas com dentes fracos e com risco de cair, má oclusão dental, dentes sobrepostos e diminuição do esmalte dental.

Cuidados após o procedimento

Após colocar a lente de contato dos dentes é preciso tomar alguns cuidados para não danificá-la:

  • Escovar os dentes ao menos três vezes ao dia
  • Passar fio dental ao menos duas vezes ao dia
  • Ir ao dentista anualmente
  • Não roer unhas ou morder objetos
  • Evitar, como café, chás escuros e vinho

Quanto custa lente de contato dental?

Cada lente de contato dental custa por volta de R$ Custa hoje dia Por volta 800 a R$ 3.000,00.

É sempre bom lembrar que os preços variam dependendo do material do dente, da cidade do paciente, do profissional, entre outros fatores.

Como elas são usadas principalmente para fins estético, para baratear acabam aplicadas apenas nos dentes que aparecem no sorriso e precisam de alguma correção estética.