Esmaltes e Etc

Compras do mês – Abril

132 8

comprabrilPra encerrar a semana e pós feriado (todo mundo descansou?) trago as compras do mês de abril. Achei que iria ser um mês bem tranquilo, mas de repente, vai aparecendo mais coisa… Definitivamente tenho uma coleção, pois vou comprando o que me interessa e não consigo usar tudo (faço as unhas 2 vezes na semana, fazer todo dia é inviável) então tem muita coisa que fica pra trás. Mas vamos ver o que veio pro gaveteiro?

 

Esses Star foram baratinhos, R$ 1,70, mas são bem pequenos, não se enganem pela foto!

abril5

Achei que não compraria esses Jade, mas acabei gostando. E azul… Bem, está virando mania!

abril6

Luduranas em ambalagem nova. O primeiro lembra o antigo Azulle, mas tem numeração agora, e o Azulle que estão vendendo tem outro tom. Um Canga novo porque o antigo virou rosa, e o Bella Chick foi o namorido que insistiu pelo nome.

abril7

Glitter nunca é demais, nem top coat (gosto muito desse Verona). Outro Ludurana e a cobertura 18 quilates da Jade (achei que era tipo o Gilded Glitter na NYX, mas…)

abril1

Os dois primeiro Colorama estavam de 1 real, o Pimentinha foi pra ser o filho único da coleção pra mim (compro ao menos um de cada coleção pra ter um representante). O Notável foi pra completar minha coleção de holográficos da Ludurana.

abril3

Mais Jade, o holográfico da coleção de natal da DNA (que estavam vendendo individualmente), o dificílimo Frio na Barriga e claro, mais top coat!

abril2

Só achei esse Turma da Mônica Jovem que me agradasse (só vi à venda esse e um branco) e a base que estava de 1 real.

abril4

Risqué da nova coleção:

abril8

E os últimos, comprados dia 30: azulzinho Meu Pedaçinho de Chão (me diz pra que fizeram misturinha se esse serviria perfeitamente?), esmaltes Ravelly – Clara, no mesmo tom do Frio da Barriga, esse outro azul e o roxo, esse da marca Skin, cinza, e o top coat da D’Lu, que estava de R$ 1,50.

abr10

* TOTAL = 34 vidros

É, o que não falta são opções pra mostrar aqui… Vou tentar agilizar com amostras antes de usar definitivamente, assim não fica tudo tão perdido, não é?

Beijos,

Nalu