Esporte Radical

28º Circuito Oceânico da Ilha de Santa Catarina abre o calendário náutico 2017

Considerada uma das principais competições de vela oceânica do país, evento será realizado em Jurerê, entre os dias 8 e 11 de fevereiro, com presença das classes C30, ORC, IRC, RGS, HPE-25, Bico de Proa e Multicascos - Fotos: Gabriel Heusi/Heusi Action

Considerada uma das principais competições de vela oceânica do país, evento será realizado em Jurerê, entre os dias 8 e 11 de fevereiro, com presença das classes C30, ORC, IRC, RGS, HPE-25, Bico de Proa e Multicascos – Fotos: Gabriel Heusi/Heusi Action

Florianópolis (SC) – 06 de janeiro de 2016 – Confirmado para acontecer entre os dias 8 e 11 de fevereiro, o Circuito Oceânico da Ilha de Santa Catarina chega a sua 28ª edição em 2017 na consagrada raia da Sede de Jurerê do Iate Clube de Santa Catarina – Veleiros da Ilha, considerada por muitos como uma das melhores do mundo. Como sempre, são esperadas as principais equipes de vela oceânica do país competindo nas classes C30, ORC, IRC, RGS, HPE-25, Bico de Proa e Multicascos.

Sempre promovendo um evento de grande porte atrelado à semana em que ocorre o Circuito Oceânico, o ano de 2017 terá como atrativo o Brasileiro de C30. Criado pelo uruguaio Horácio Carabelli, famoso projetista, o modelo é considerado um dos primeiros barcos ‘One Desing” de oceano brasileiro, sendo que todas as embarcações da flotilha seguem os mesmos padrões de criação. Dessa forma, a classe C30 acaba sendo uma das mais competitivas, com grande diferencial para as tripulações.

Para aumentar ainda mais a expectativa dos catarinenses com relação ao evento, a perspectiva é de uma grande participação das tripulações do Iate Clube de Santa Catarina nessa classe. Nos últimos anos, a flotilha do ICSC tem dominado a categoria, sendo que em 2016 os principais títulos nacionais foram conquistados por barcos do estado.

Liderados pelo comandante Inácio Vandressen, a equipe do Zeus Team faturou na última temporada o título brasileiro (conquistado em Ilhabela no mês de julho), além de vencerem o próprio Circuito Oceânico da Ilha de Santa Catarina e a Regata Volta à Ilha. Enquanto isso, o Katana, comandado por Cesar Gomes, faturou o título da Semana de Vela de Ilhabela, além de ter sido por duas vezes consecutivas (2014 e 2015) o Fita Azul da Regata Volta à Ilha, quebrando um jejum de muitos anos sem barcos C30 vencendo a principal regata oceânica do estado.

Programação:
A programação de quatro dias de competições em Jurerê inclui a realização de seis regatas para todas as classes, exceto RGS-Cruzeiro, Bico de Proa e Multicasos (4). Como de costume, a expectativa é de que o evento seja iniciado com uma regata de percurso (longo ou médio, dependendo das condições) e os três seguintes sejam compostos por regatas barla-sota.

Atuais campeões:
Além do Zeus Team, que defende o título na Classe C30, a flotilha oceânica de Santa Catarina chega a 28ª edição do Circuito Oceânico com uma grande responsabilidade. Catuana Kim (ORC), Itajaí Saiiling Team (IRC), Zephyrus (RGS), Quival (Bico de Proa) e Força 12 (HPE-25) são os atuais campeões do evento e em 2017 terá pela frente a missão de defenderem seus títulos na competição.

“Mais uma vez nós esperamos por um grande evento na raia de Jurerê. O Circuito Oceânico da Ilha de Santa Catarina tem atraído muitas tripulações para Florianópolis, muito pela qualidade da raia, mas também pela época do ano. Florianópolis é um destino bastante desejado no verão e o mês de fevereiro já reserva um período mais tranquilo para quem quer viajar a lazer com a família. Além disso, dentro d´água sempre temos uma competição de alto nível técnico”, explica Lucas Reis, gerente de eventos do Iate Clube de Santa Catarina.

Mais Informações
Secretaria de Eventos Náuticos – eventosnauticos@icsc.com.br ou 48 3225-7799, falar com Lucas, Fogaça ou Bruno.
Site: www.icsc.com.br
Aviso de Regatas: http://icsc.com.br/wp-content/uploads/2016/12/AR-XXVIII-Circuito.pdf

Fonte: SixComm Comunicação Social – Danilo Caboclo

Recomendado para você