Estrela Polar

Chyler Leigh, a Alex Danvers de Supergirl, fala da importância da personagem homossexual na série

2072 6

alex-danvers-supergil-segunda-temporada

Chyler Leigh, a Alex Danvers de Supergirl, comentou sobre a importância da história da personagem. A recepção foi polêmica e alguns usuários, principalmente na internet, rejeitaram a ideia, mas parece que o Amor vencerá no final. Confira a seguir…

Na série do canal The CW, em meio à ação no DEO e com a irmã Supergirl, Alex se sente em dúvida de seus sentimentos. Quando, sua amiga Maggie Swayer aparece e ela acaba apaixonada.

Em entrevista ao TV Insider, Chyler fala como seu papel ganhou outros focos. Além de filha e irmã, e é nesse momento que há a revelação. “Este é o momento da vida dela em que ela está genuinamente tentando descobrir o que é além das identidades que os outros deram a ela.”

Ela contou que descobriu sobre que Alex seria lésbica após o atentado da boate LGBT em Orlando, em junho de 2016, que deixou cerca de 50 pessoas mortas e mais 50 feridas.

“Eu descobri sobre a trama logo após o massacre de Orlando. Acordei, vi a notícia e comecei a chorar. Foi quando pensei que tínhamos que fazer justiça a uma história que, na vida real, afeta muitas pessoas.”

VEJA TAMBÉM: Animais Fantásticos traz um mensagem para a juventude LGBT

Chyler Leign ainda falou sobre a cena na qual Alex conta que é lésbica e é aceita amorosamente pela mãe. “Esse é o tipo de reação que genuinamente quero ver! É também uma boa parte das reações que eu vi, as pessoas apenas observando enquanto ela era aceita por uma perspectiva materna. As pessoas precisam ver isso“.

supergirl-alex-and-maggie

A atriz disse que o papel trouxe muitas reações positivas, mas claro que as negativas também surgiram: “Eu recebo comentários negativos aqui e ali, mas mas creio que isso venha de pessoas que não aceitam o que o nosso mundo é hoje. Mas eu recebo milhares de mensagens e fotos de pessoas contando suas histórias. Se isso não é uma oportunidade espetacular de falar com o coração da humanidade como um todo e tocar o coração das pessoas individualmente, eu não sei o que é“.

VEJA TAMBÉM: 10 Casais Gays que Shippamos em Filmes e Séries de Super-heróis

Infelizmente, compartilhar o mundo com pessoas diferentes ainda não é um dom dos humanos. Muitas pessoas nas redes sociais tem demonstrado um certo “pavor” aos personagens LGBTs nas séries da DC Comics.

Online, alguns usuários passam dos limites e comentam as mais variadas suposições e “achismos”.  Como esses comentários, que foram printados da publicação do site Legião dos Heróis no Facebook.

mundo-geek-homofobico-mensagens-homofobicas-no-facebook

No twitter, uma usuária marcou o perfil oficial da série Supergirl e mandou que o seriado diminuísse o contexto homossexual. Devido às suas filhas, pois agora teria que explicar “amor gay” para uma criança de 7 e outra de 10.

O perfil oficial da série respondeu brilhantemente: “Bom, explique para elas que amor é amor e que é lindo não importa onde você o encontra e com quem você o encontra.”

seguidora-da-serie-supergirl-nao-gosta-de-casal-lesbico

Apesar dos esforços dos homofóbicos de invisibilizar lésbicas e todo os personagens LGBT, parece que teremos muito mais Amor para desenvolver. Não só em séries de todos os gêneros, como em todo o mundo do Entretenimento.

E já começa com o episódio especial de Dia dos Namorados de Supergirl. Nele teremos Alex e Maggie como o foco central da trama. Viu? Love Always Wins! ♥

Recomendado para você