Fala, Isa!

Jornalista Carla Vilhena deixa TV Globo após 34 anos para se dedicar a site

(Foto: Divulgação)

Carla Vilhena, repórter especial do “Fantástico” e uma das apresentadoras do “Jornal Nacional” pediu demissão da Globo na tarde desta sexta-feira, 12, depois de longos anos de serviços prestados à emissora.

A jornalista escreveu um e-mail em que se despede dos colegas de trabalho. Na mensagem, Carla, 50, afirma que irá deixar a TV para se dedicar ao site pessoal que criou há cerca de um ano e meio.

“Há um ano e meio experimentei algo que me trouxe uma enorme satisfação: a criação de um blog, que virou um site pessoal, onde pude expor um pouco mais de quem sou e do que desejo ser. Conheci um mundo completamente novo. Me surpreendi, aprendi muito, e gostei. Meu projeto pessoal precisa ampliar fronteiras e, enquanto foi vinculada ao jornalismo, estarei impossibilitada de fazer isso”, escreveu.

Ainda no texto, Carla agradece à Globo, “emissora onde entrei há 34 anos e que me ensinou a fazer televisão”, e afirma que aproveitará férias acumuladas para descansar e “dar os primeiros passos na nova estrada” até o fim do contrato com a emissora, dia 30 de abril próximo.

Leia o e-mail

Nossa profissão está mudando, o mundo está mudando e outras formas de comunicação surgem a todo instante, chamando para novos desafios.

Há um ano e meio experimentei algo que me trouxe uma enorme satisfação: a criação de um blog, que virou um site pessoal, onde pude expor um pouco mais de quem sou e do que desejo ser. Tive que, para isso, criar redes sociais para dar suporte e divulgação ao site. Conheci um mundo completamente novo. Me surpreendi, aprendi muito – e gostei.

Por isso este e-mail, que não é uma despedida, já que continuarei pertinho de vocês, nesse mundo tornado ervilha pela internet. Meu projeto pessoal precisa ampliar fronteiras e, enquanto for vinculada ao jornalismo, estarei impossibilitada de fazer isso.

Aproveito para compartilhar com vocês o amor que sempre me ligou à Globo, emissora onde entrei há 34 anos e que me ensinou a fazer televisão.

Vou aproveitar algumas férias acumuladas para descansar e dar esses primeiros passos na nova estrada, até o fim do contrato, dia 30 de abril.

Agradeço de coração a todos os que tornaram possível a transformação da vida daquela menina que, em 1984, entrou por uma porta no Jardim Botânico para fazer edição de imagens nas Olimpíadas de Los Angeles.

Agradeço à vida, que me deu tanto. E agradeço a Deus, que me sustenta e ampara aonde eu for.

Recomendado para você