Fora da Ordem

Documentários narram histórias de Fortaleza em mostra na Vila das Artes

Enquanto as Redes Resistem, de João Moura, é um dos curtas exibidos (Foto: Divulgação)

Enquanto as Redes Resistem, de João Moura, é um dos curtas exibidos (Foto: Divulgação)

As histórias de Fortaleza, que completa 291 anos no próximo mês de abril, estão espalhadas pela cidade alencarina. Ruas, praças, equipamentos culturais, olhares e vidas que as atravessam. Narrar esta cidade e suas épocas foi o convite feito aos realizadores locais pela Convocatória Fortaleza Presente Passado, em maio de 2016. O resultado poderá ser visto na próxima quinta-feira, 2, na Vila das Artes.

Serão exibidos, às 18h30min, os curta-metragens produzidos por alunos do Núcleo de Produção Digital (NPD) da Escola Pública de Audiovisual (EAV) da Vila das Artes. A entrada é gratuita.

Participaram da convocatória realizadores formados pelo Laboratório de Orientação em Audiovisual. O processo resultou nos filmes ‘Cinemeiro’, com direção de Gabriel Petter, ‘Enquanto as Redes Resistem’, de João Moura e ‘Mar Absoluto’, codirigido por Ana Paula Vieira e Leonardo Câmara.

O primeiro deles, ‘Cinemeiro’, acompanha José Wilson Baltazar, que dedicou mais de 70 anos de sua vida à assistência de filmes, frequentando os mais diversos tipos de salas, de espaços nobres e até decadentes na cidade. Baltazar viu desde clássicos da cinematografia mundial a produções pornôs de quinta. A sua história se confunde com a do público da sétima arte.

‘Enquanto as Redes Resistem’ mostra a luta pela sobrevivência em uma área que passou por intensas transformações nas últimas décadas. Ainda assim, a pesca artesanal no Mucuripe sobrevive. Os obstáculos passam pela especulação imobiliária e a violência urbana. No curta de João Moura, os pescadores relembram o cenário pacato do passado e temem o fim da profissão na capital de um estado do qual são símbolo.

Já ‘Mar Absoluto’ apresenta uma cidade afetiva permeada por conflitos que misturam passado e presente no espaço-tempo. A cidade que para existir e ter sentido, precisa ser habitada.

Serviço

Exibição dos filmes Cinemeiro, Enquanto as Redes Resistem e Mar Absoluto
Quando: 02 de fevereiro de 2017
Horário: 18h30
Onde: Auditório da Vila das Artes (Rua 24 de Maio, 1221. Centro)
Mais informações: 85 3105.1404 (Falar com Rúbia Mércia Medeiros – Coordenadora da Escola Pública de Audiovisual da Vila das Artes)

Recomendado para você