Futebol do Povo

Fortaleza: campanha comprova força dos meio-campistas e fragilidade dos atacantes

393 5

pio

Foram 32 jogos oficias em 2015 para o Fortaleza, com 19 vitórias, oito empates e cinco derrotas. A equipe marcou 51 gols e sofreu 27, números de todas as competições em que atuou, ou seja, Campeonato Cearense, Copa do Brasil e Copa do Nordeste. A média de gols sofridos é de 0,84 por jogo, enquanto o ataque faz 1,59 em média.

Quando a observação estratifica apenas do ponto de vista dos números (e não da importância do jogo e valor do gol) os responsáveis por balançar as redes adversárias fica claro que os jogadores que têm a missão única de atacar têm falhado muito. Cássio,  que já foi dispensado, Lúcio Maranhão e Cassiano têm quatro gols cada. Uilliam e Romarinho marcaram uma vez. Assim, os cinco atacantes do elenco fizeram juntos 14 gols.

Só Éverton, meio-campista e artilheiro da temporada no Fortaleza, marcou sete vezes. Pio, lateral direito e meio-campista, já fez cinco, vice-artilheiro do tricolor no ano. Daniel Sobralense e Maranhão, meio-campistas que têm quebrado o galho como jogadores mais avançados até pela ausência no elenco de atacantes mais competentes, também fizeram quatro gols cada.

A linha defensiva do Fortaleza têm marcas boas ofensivamente . Lima fez quatro gols. Adalberto marcou duas vezes e Genilson, uma. Na laterais, Wanderson fez dois gols e Tinga marcou um, totalizando, portanto, 10 tentos marcados.

A lista completa de artilheiros do Fortaleza em 2015:

Éverton – 7 gols
Pio – 5 gols
Cássio – 4 gols
Sobralense – 4 gols
Cassiano – 4 gols
Maranhão – 4 gols
Lúcio Maranhão – 4 gols
Lima – 4 gols
Samuel – 2 gols
Wanderson – 2 gols
Adalberto – 2 gols
Romarinho – 1 gol
Uilliam – 1 gol
Marcio Diogo – 1 gol
Genilson – 1 gol
Hess – 1 gol
Tinga – 1 gol
Corrêa – 1 gol
Contra – 2 gols

Em tempo: colaborou com o post, Henrique Bittencourt

Recomendado para você