Futebol do Povo

Ceará teve prejuízo financeiro em todos os jogos da Série B

60 51

ceara_crb

O Ceará registrou prejuízo financeiro em mais um borderô de uma partida da Série B da atual temporada. Contra o Sampaio Correa, na derrota por 3×1 de sábado passado, a renda ficou negativa em R$ 6342,02 (diferença de receita e despesas), com público pagante de 4156 torcedores (2890 sócios, 647 cortesias, 19 ambulantes, 44 ingressos para as sociais e 556 ingressos vendidos para não sócios nas arquibancadas).

Já contra o CRB, empate por 1×1, o alvinegro ficou com um prejuízo de R$ 14568,14, tendo o público de 4182 pagantes. Foi o primeiro jogo com a nova política de preços, com ingresso mais barato custando 50 reais.

Na primeira partida do Ceará na Série B em 2015, diante do Atlético-GO, ainda com os preços anteriores (30 reais) o alvinegro também registrou borderô negativo, desta vez de R$ 11294,44, com exatos 5114 pagantes. Assim, levando em consideração os três jogos até agora como mandante, o Ceará contabiliza prejuízo geral de mais de 32 mil reais.

Com o ingresso mais acessível custando 50 reais, a diretoria segue apostando que a estratégia vai render mais torcedores oficiais. Só o tempo e as corretas ações de marketing vão responder aos desejos dos dirigentes que, então, poderão ou não desistir da política de preços. Não é algo que se resolva de uma hora para outra. Pelo ranking do Movimento por um Futebol Melhor, que faz o acompanhamento dos sócios dos clubes brasileiros, o alvinegro tem 10169 inscritos.

Importante lembrar que os ingressos dos torcedores oficias que comparecem aos jogos do Ceará equivalem no borderô a um real, já que eles já pagam os respectivos planos por mês, dinheiro que interessa mais ao clube neste momento do que os arrecadado na bilheteria.

Recomendado para você