Futebol do Povo

Fortaleza: defensores já somam 15 gols na temporada

385 2

correa

Na vitória sobre o Icasa por 2×0 o Fortaleza voltou a mostrar um futebol de intensidade ofensiva. Criou muito mais do que o placar mostra diante de um adversário frágil. Maranhão, só ele, perdeu pelo menos quatro chances de gol claras, situações que não podem ocorrem em partidas decisivas.

E quem resolveu a partida fazendo o segundo gol? O zagueiro Lima, que já tem seis em 2015. Ao lado de Lima, os outros defensores da equipe – considero os laterais e zagueiros da primeira linha de quatro, além de volantes de marcação – somam 15 tentos marcados na temporada.

Entre os zagueiros, Adalberto fez dois gols e Genilson marcou uma vez. Nas laterais, Tinga e Thalyson fizeram um gol cada. Wanderson, negociado com o futebol da Coreia, fez dois. Entre os volantes, Vinicius Hess e Corrêa marcaram uma vez também. Além dos gols, os defensores colaboram com assistências. Corrêa é o líder da equipe. Parece que quanto mais velho, melhor bate na bola. São nove passes para gols. Adalberto tem quatro assistências, número significativo para um zagueiro. Já Tinga acertou três assistências.

A construção de um time organizado, como é o Fortaleza de Marcelo Chamusca, passa demais pela colaboração de todos os setores da equipe também quando o time tem a bola, não apenas na marcação e recomposição. Com os atacantes em falta durante toda a temporada, os defensores assumiram a responsabilidade.

Recomendado para você