Futebol do Povo

Marcelo Cabo não é mais técnico do Ceará. Lisca já foi contratado.

4793 63

A derrota para o Luverdense determinou a saída do técnico Marcelo Cabo do comando técnico do alvinegro.  Nesta terça-fera, o Ceará perdeu por 1×0, gol de Lucas Fernandes na segunda etapa, e segue na zona de rebaixamento da Série B, com 26 pontos, faltando nove rodadas.

O anúncio da demissão do treinador, que foi contratado no dia 3 de agosto e computou cinco vitórias, três empates e sete derrotas, foi feito ainda no estádio pelo gerente de futebol Rodrigo Pastana. Sua passagem não completou dois meses, portanto.

Cabo foi o quarto técnico do Ceará em 2015. A temporada começou com Dado Cavalcanti, demitido após nove jogos, depois com Silas, campeão da Copa do Nordeste e também afastado pela diretoria após péssimo início na Série B e Geninho, igualmente demitido depois de não conseguir tirar a equipe do Z4.

A diretoria confirmou já na madrugada desta quarta-feira que Lisca, demitido do Náutico no dia oito de setembro, será o quinto treinador do clube em 10 meses. É um número completamente surreal para o período, convenhamos.

É muito difícil fazer futebol desta forma, com o planejamento tão quebrado. De qualquer maneira, o novo técnico, que recusou convite do Ceará em junho deste ano justamente para ficar no Náutico na oportunidade, terá mais de duas semanas para trabalhar, já que o Ceará só volta a campo no dia 17 de outubro, pela Série B.

Luiz Carlos Lorenzi tem 43 anos e carrega a alcunha de Lisca “Doido”pelo seu temperamento ímpar, digamos assim. É gaúcho e recentemente também treinou o Sampaio Corrêa (2014) e o Juventude (2012). Começou a carreira na base do Inter e teve passagens por São Paulo, Grêmio e Fluminense também na base. Entre as equipes profissionais, tem passagens por Brasil de Pelotas, Novo Hamburgo, Caxias e Luverdense.

Recomendado para você