Futebol do Povo

Rodada desastrosa deixa o Ceará distante oito pontos de sair do Z4

5522 58

Complicou. Depois da derrota para o Luverdense por 1×0 na terça-feira, da demissão de Marcelo Cabo logo depois e da consequente contratação de Lisca, ainda na madrugada de quarta-feira, restava ao Ceará torcer para que seus rivais diretos na briga contra o rebaixamento também tivessem problemas para que, pelo menos, o seu prejuízo fosse minimizado. A rodada deste sábado, entretanto, foi péssima para o alvinegro, que viu a sua situação piorar ainda mais com triunfos de todos os seus principais concorrentes.

O Macaé, de virada, bateu o ABC por 3×1, jogando no Rio de Janeiro. Edno abriu o placar para a equipe de Natal,  mas Juninho, Pipico e Fernando Neto viraram o jogo no segundo tempo. Com o resultado, o Macaé, ainda o primeiro time fora da zona de rebaixamento, abriu oito pontos de distância para o Ceará e soma 34.

Outras equipes da parte de baixo da tabela também pontuaram e ficaram em situação até confortável. O Oeste ganhou do Náutico por 2×0 e soma agora 37 pontos, enquanto o Atlético-GO venceu o Paysandu por 2×1 e subiu para 38. O CRB  foi outro que venceu, chegou aos 40 pontos com a vitória sobre o Boa por 3×1, e está praticamente livre do risco de disputar a Série C em 2016.

Agora o Ceará tem nove rodadas para tirar os oito pontos e tentar escapar da zona de rebaixamento, local em que está desde a sexta rodada da competição. O time continua dependendo apenas de suas forças, mas o desempenho é muito ruim, com apenas seis vitórias em 29 partidas. A equipe volta a campo no dia 17 deste mês, contra o Criciúma, em Santa Catarina. Será a estreia de Lisca no comando técnico.

A classificação da parte de baixo da tabela está assim:

12 Atlético-GO 38
13 Paraná-PR 37
14 Oeste-SP 37
15 Criciúma 36
16 Macaé 34
17 Ceará 26
18 Boa 23
19 ABC 23
20 Mogi Mirim 22

Recomendado para você