Futebol do Povo

Marquinhos Santos, técnico do Fortaleza: “Felipe é um jogador perfeito para o mercado europeu”

1144 16

felipe

Foram 12 jogos pelo Maranguape no estadual 2015, suficiente para chamar a atenção do Fortaleza. Contratado, então, no ano passado, Felipe não teve chance com Marcelo Chamusca.

Chegou 2016 e Flávio Araújo começou a usar o jogador tanto no meio-campo, sua posição de origem, mas especialmente na lateral direita, improvisado. E o que se viu foi um jogador especial. Tranquilo, com ótimo domínio de bola, preenchimento de espaços em campo, capacidade de drible e de assistências.

Flávio saiu, chegou Marquinhos Santos, que não o conhecia, mas logo percebeu o talento do menino de 22 anos. As informações passadas por Henrique Bittencourt, analista de desempenho do tricolor, também ajudaram. Marquinhos o manteve na lateral direita e passou a orientá-lo, ao lado do seu auxiliar Edison Borges, em treinamentos específicos de subida para o ataque e recomposição na marcação.

O efeito foi ainda melhor. Felipe cresceu mais. As atuações nas duas partidas contra o Flamengo foram excelentes. Há clubes da Série A de olho no jogador, que renovou contrato até o fim de 2018 e é titular absoluto na lateral direita.

Conversei na sexta-feira que passou com Marquinhos Santos, que avaliou o atleta como pronto para o mercado europeu. Os motivos: bom poder de marcação, qualidade no passe e capacidade de atuar em várias posições do campo. O técnico, inclusive, já disse para a diretoria que não tem dúvida que propostas irão chegar. Caso se confirme, ruim para o clube do ponto de vista técnico, mas bom do ponto de vista financeiro.

Felipe tem 19 partidas pelo Fortaleza. Fará a vigésima contra o River, nesta segunda-feira, estreia do time na Série C.

Recomendado para você