Futebol do Povo

Com menos de 20 jogos entre 2015 e 2016, volante Richarlyson desperta interesse do Ceará

3323 33

Por André Victor Rodrigues

O volante Richarlyson está na lista de interesses do Ceará na busca do time por reforços para a Série B. Em conversa com o blog, o empresário do jogador, Júlio Fressato, admitiu contato feito pelo técnico Sérgio Soares demonstrando o interesse do clube em contar com o ex-São Paulo para integrar o setor de meio-campo alvinegro. A diretoria do Alvinegro e o staff do jogador devem amadurecer conversa nos próximos dias.

Caso se concretize, a vinda do atleta de 33 anos é aposta em experiência, mas que vem cercada por pontos negativos devido ao desanimador histórico recente do atleta. Sem clube desde que deixou o Grêmio Novorizontino, no último mês de maio, Richarlyson procura um time onde possa obter sequência. De 2015 para cá, o volante só atuou por 19 partidas – cinco pelo Grêmio Novorizontino em 2016 e 14 pela Chapecoense na temporada passada.

Neste ano, o meio-campista teve participação no Campeonato Paulista comprometida por duas lesões de ligamento cruzado. Portanto, trazê-lo significa ao Vovô assumir risco de aumentar a frequência de atletas no Departamento Médico.

Richarlyson tem histórico vencedor na sua carreira. Foi tricampeão brasileiro (2006 a 2008) e campeão mundial (2005) pelo São Paulo, além de campeão da Libertadores com o Atlético-MG (2013). No início da carreira, marcou passagem pelo futebol cearense ao vestir a camisa do Fortaleza em 2003. Até o início deste mês, sua ida para os Estados Unidos era dada como praticamente certa, mas nada se concretizou.

O atleta teve seu momento de auge na década passada, por mostrar boa explosão, versatilidade na meia e competência na marcação. A questão é que há pelo menos três temporadas a sua contribuição pelos clubes onde atuou foi bastante discreta. Tornaram-se mais evidentes suas deficiências do que suas qualidades, como o destempero em campo.

Depois de passar pelo Vitória, entre 2014 e 2015, o jogador chegou até a anunciar aposentadoria. De fato, hoje no Ceará, o grupo de volantes não conta com tantas opções tecnicamente relevantes. Mas trazer o atual Richarlyson é, acima de qualquer expectativa de melhora, trazer uma incógnita (dispensável) para o grupo.

Recomendado para você