Futebol do Povo

Ceará: pelo aproveitamento atual, com mais 10 vitórias em 22 jogos o time sobe

54 27

Um dos bons usos da matemática é a possibilidade de se fazer projeções. E as atuais da Série B em andamento mostram que um time sobe com 60 pontos ganhos desde que o aproveitamento depois de 16 rodadas seja mantido.

A conta é simples.

Hoje, o quinto colocado da Segundona, o Paraná, tem 25 pontos, equivalente a 52,1% dos pontos disputados. Acima disso, portanto, uma equipe já estaria no G4. Tomando por base então 52,2% de aproveitamento, 60 pontos já seriam suficientes para o acesso para a Série A.

O Ceará tem 30 pontos, está na terceira colocação. Faltam 22 rodadas para o fim da competição e, assim, com mais 10 vitórias a equipe garantiria os 60 pontos suficientes para subir neste momento.

Como sempre gosto de salientar nesses textos com esse tipo de abordagem, a variação é rodada após rodada. Entretanto é possível traçar uma linha média histórica para o acesso do quarto colocado e ela fica entre 61 e 65 pontos geralmente. É sempre um ponto de partida.

Vejamos o seguinte:

Em 2007 o Vitória subiu com 59, a menor pontuação já registrada no atual regulamento. Com 60 pontos subiu o Figueirense em 2013. Com 61, América-RN e Sport garantiram em 2006 e 2011 respectivamente. O Avaí fez 62 pontos como quarto colocado em 2014. Com 63 pontos subiram o Barueri e o América-MG em 2008 e 2010, pela ordem. O Atlético-GO fez 65 para subir em 2009, mesma situação do América-MG no ano passado. E o Vitória, com 71 pontos, fez a maior e mais improvável pontuação necessária para subir, em 2012.

Ainda que o aproveitamento dos clubes aumente nesta edição, a situação do Ceará – que soma 62,5% dos pontos que disputou até agora – é confortável no aspecto matemático, afinal, se as 10 vitórias necessárias para subir se transformarem em 11, 12 ou até 13, com ainda 22 rodadas pela frente, é bem possível atingir a meta. E sem grandes sustos.

Recomendado para você