Futebol do Povo

Enquanto você dormia, Marquinhos Santos avisava ao Fortaleza que vai treinar o Figueirense; Hemerson Maria assume

24653 157
FORTALEZA, CE, BRASIL, 13-03-2016: Campeonato Cearense 2016. Clássico Rei Fortaleza x Ceará no estádio Castelão. (Foto: Rodrigo Carvalho/O POVO)

Marquinhos Santos no Clássico Rei (Foto: Rodrigo Carvalho/O POVO)

Numa decisão que caiu como uma grande surpresa já na madrugada desta segunda-feira , o técnico Marquinhos Santos comunicou que vai deixar o comando do Fortaleza restando apenas os jogos do mata-mata das quartas de final para definir o destino do tricolor na Série C do Campeonato Brasileiro.

As alegações do treinador são diversas e legítimas, como doença na família da esposa, distância das filhas e, claro, uma proposta salarial muito melhor do Figueirense, que enfrenta o Santa Cruz no próximo domingo, está na zona de rebaixamento da Série A e já tinha procurado o treinador anteriormente.

A decisão, que beira o inacreditável, não faz sentido nem com o discurso perene de Marquinhos, que assumiu ter recusado várias propostas nos meses recentes para seguir no Fortaleza na busca do título e do acesso, muito menos com o fato de restarem dois jogos – um período de apenas 20 dias – para que o projeto fosse finalizado, com ou sem sucesso.

É preciso salientar, entretanto, que Marquinhos Santos, como profissional, tem o óbvio amplo direito de fazer o que bem entender com o carreira, assim como qualquer pessoa. Sobre ser uma atitude com potencial de marcá-lo negativamente, tenho minhas dúvidas, já que o futebol tem uma linha de conduta ética muito particular. Não resta dúvida, entretanto, que foi um abandono de barco marcante – confesso não me lembrar de algo parecido – que deixou boa parte da torcida indignada.

A diretoria do Fortaleza,  igualmente espantada, já procura o nome de um treinador para assumir a equipe até o fim do ano, descartando alguma solução dentro do próprio clube. Oficialmente, a saída de Marquinhos já foi comunicada pelo site do clube nas primeiras horas desta segunda. O presidente Jorge Mota ainda tentou uma conversa final, mas sem sucesso.

Por falar no dirigente, ele, o seu vice, Ênio Mourão e o diretor de futebol, Marcelo Paz, querem resolver o quanto antes o nome do novo técnico e passaram boa parte da madrugada em tratativas. O discurso do trio é otimista, de confiança e apoio ao elenco, independente do técnico que seja contratado. Não há a menor vontade de se fazer um drama, algo que poderia influenciar negativamente o elenco.

Hemerson Maria foi anunciado como novo técnico ainda na manhã desta segunda-feira.

Aos 44 anos, o técnico tem história de quase 12 anos na base do Figueirense e depois no Avaí. Já treinou as equipes principais de Avaí, Red Bull Brasil-SP, CRAC-GO e Joinville.

Conquistas relevantes: Campeonato Catarinense de 2012 (Avaí-SC), Campeonato Brasileiro – Série B de 2014 e Campeonato Catarinense de 2015 (Joinville-SC)

Recomendado para você