Futebol do Povo

Os motivos que fizeram Bill deixar o Ceará

2110 51

Aos 32 anos, Bill encerrou sua segunda passagem pelo Ceará neste fim de semana. Em um ano de decepções para o clube, ter feito 21 gols em 51 jogos o deixa bem afastado dos atletas com desempenho sofrível. Dá pra dizer que cumpriu com correção seu papel, sem ser brilhante.

Seu contrato era até o fim de 2017, mas o Ceará resolveu liberá-lo. Não vale, de acordo o pensamento dos dirigentes, ter no elenco alguém com vontade de ir embora. Em troca, o clube deixará de pagar ao jogador os salários de novembro e dezembro. O atacante tem muitas propostas, entre elas do Coritiba, para um contrato de pelo menos 24 meses.  Assim, pediu e fez um acordo.

Com um dos mais altos salários do elenco – cerca de 960 mil reais por temporada – abre a possibilidade do Ceará investir em jogadores que ganhem menos, mas que tenham potencial quando se pensar em custo benefício. Resta saber se encontrarão tais jogadores no setor ofensivo.

O outro atacante do elenco com custo elevado, Rafael Costa, tem também contrato mais longo com o clube, até o fim do ano que vem. O jogador, sim, não foi bem e não será surpresa se o Ceará facilitar a sua saída.

Deixaram o Ceará até agora, portanto: Diego Felipe, Douglas Marques, Serginho, André Paulino, Charles, Thalysson, Guilherme Biteco, Baraka, Maicon Silva, Douglas Dias, Bill, Eduardo, Felipe, Ricardinho e Ewerton Páscoa. Além deles, Antonio Carlos e Ciel saíram antes do time perder as chances de acesso.

Recomendado para você