Futebol do Povo

De volta ao Fortaleza, Sergio Papellin conquistou estaduais e dois acessos da Série C para a Série B

2231 22

“Temos que agir com a razão. O futebol cearense é muito movido pela paixão e não pode ser assim. Vamos trabalhar pelo Fortaleza mais uma vez e ter sucesso”.

As palavras são de Sérgio Papellin em conversa com o Blog, que volta ao clube em que foi gerente e superintendente de futebol vencendo cinco títulos estaduais: 2004, 2005, 2007, 2009 e 2010, além do acesso para a Série A de 2004 para 2005 e manutenção na primeira divisão de 2005 para 2006.

Papellin sabe que o elenco precisa de contratações. Entre seis e oito e traça um perfil muito claro: “Precisamos de jogadores que sejam específicos para a Série C. Que tenham técnica, mas que se destaquem pelo espírito de luta e força física”, avisou, lembrando que as inscrições para a competição permitem no máximo 35 atletas e, destes, cinco precisam ser sub-23.

O dirigente tem dois acessos da Série C para a Série B. Pelo Luverdense de 2013 para 2014 e pelo Paysandu de 2014 para 2015. Além dessas campanhas, colecionou mais três títulos estaduais longe do Fortaleza. Remo (2008), Luverdense (2012) e Cuiabá (2017).

E mostra muita praticidade nas análises. “O Fortaleza e as equipes do Ceará e do Nordeste não são o Barcelona ou o Real Madrid. Esses times precisam ganhar todos os jogos, mas nós temos que trabalhar friamente por um objetivo e uma derrota não pode acabar com o planejamento”.

Recomendado para você