Futebol do Povo

Moto Club 1×0 Fortaleza: despencou o aproveitamento do Tricolor

3799 64

Nas seis rodadas iniciais da primeira fase da Série C o Fortaleza somou 13 pontos. Nas três últimas, apenas um. O aproveitamento que era muito bom de mais de dois pontos por jogo passou para 0,33 por encontro. Assim, depois das nove partidas do primeiro turno, 14 pontos ganhos e nada de conforto em busca de manter o lugar no G4 que leva ao mata-mata decisivo.

Nestes três jogos mais recentes o time de Bonamigo jogou mal especialmente no sistema ofensivo. Apenas um gol marcado no empate no PV diante do Confiança (1 a 1) e derrotas sem balançar a rede adversária para CSA e Moto Club por 1 a 0. Foram atuações preocupantes.

Uma equipe sem criatividade, presa, lenta, com ausência de troca de passes inteligentes e verticais ou finalizações competentes. Muitos cruzamentos e precipitações nas tomadas de decisão. O que causa estranhamento é que o mesmo elenco, até diante de adversários mais complicados do que esses três últimos, jogava mais, tanto que marcou nas seis primeiras partidas 11 gols.

No sistema defensivo foram três tentos sofridos, exatamente um por partida, o que se não é o ideal, também não é uma catástrofe, mas como o ataque falhou demais, os adversários não precisaram marcar mais de uma vez para se dar bem.

Nenhum atleta do meio-campo ofensivo e ataque tem se destacado, titulares ou reservas. Há luta, falta inspiração. O segundo turno começa na próxima semana, diante do Remo, em Fortaleza.

Recomendado para você