Futebol do Povo

Possível transferência de Pablo para o Atlético-MG renderá cerca de R$ 200 mil ao Ceará

1476 15

Foto: Daniel Augusto Jr./Ag. Corinthians

Em agosto de 2015 a Ponte Preta vendeu os direitos econômicos do jogador Pablo para o Bordeaux, da França. O valor total da negociação internacional foi de R$ 8 milhões e, incluído na divisão do valor (5% do total, de acordo com a Fifa) como clube formador, o Ceará recebeu 2%, o equivalente a R$ 160 mil.

Agora, uma nova transferência internacional do zagueiro é monitorada pela diretoria do Ceará. Emprestado pelo time francês ao Corinthians durante o ano de 2017, Pablo fez sucesso, mas não chegou a um acordo salarial para seguir em São Paulo. A situação irritou tanto a diretoria do time paulista que Pablo foi impedido de estar na Arena Itaquera para participar da festa do título, na partida contra o Atlético-MG, rodada 37 do Brasileirão.

O Atlético-MG quer o maranhense para o seu elenco a partir de 2018. A proposta é R$ 11 milhões para o Bordeaux, além de cinco anos de contrato. O acordo não está longe de ocorrer. Assim, o Ceará receberia R$ 220 mil como clube formador (mais 2%).

Para quem não lembra: Pablo passou pela base do Ceará e chegou a atuar nos profissionais em 2010 e 2011, então com 18 pra 19. Ele então ficou seis meses afastado – treinando separadamente do elenco principal – porque o então presidente Evandro Leitão se desentendeu com o empresário do atleta. O Alvinegro queria renovar o contrato que venceria logo, mas o jogador acabou saindo de graça, primeiro por um curto período no PSV, da Holanda, depois para o Grêmio. Do Grêmio foi ao Avaí até chegar até a Ponte.

Recomendado para você