Em alta, cearense Everton tem multa de R$ 130 milhões para sair do Grêmio; Fortaleza segue com 10% dos direitos econômicos do atleta

2094 26

FOTO: LUCAS UEBEL/GREMIO FBPA

O espetacular gol marcado por Everton na vitória do Grêmio sobre o Goiás por 2 a 0, jogo de ida das oitavas de final da Copa do Brasil nesta quarta-feira, 25, é apenas mais um capítulo na ótima fase do hoje melhor jogador cearense em atividade no Brasil.

Aos 22 anos, nascido em Maracanaú e revelado pelo Fortaleza, Everton vive um 2018 de maturidade e titularidade no Grêmio, coroando um caminho em que precisou ter bastante paciência e dedicação, apesar de pouca idade.

Desde que chegou ao Rio Grande do Sul, em 2013 – o Inter o queria por empréstimo após boa participação na Copa Carpina 2012, mas o Grêmio pagou R$ 300 mil ao Fortaleza por 90% dos direitos econômicos – o atleta foi tratado como muito acima da média. Não raro disputava campeonatos na base sempre com jogadores de idade superior e ganhava notoriedade com assistências, velocidade e gols, muitos contra o Inter. Era assim por aqui, quando enfrentava o Ceará e marcava com habitualidade.

Os primeiros jogos na equipe profissional foram em 2014 e 2015. Em dois anos acumulou sete gols em 44 partidas, mas Felipão não o tinha em grande conta. A chegada do técnico Roger Machado deu mais confiança ao atleta, que entrou em campo 49 vezes em 2016, boa parte saindo do banco, com nove tentos anotados.

No ano seguinte, Pedro Rocha e Fernandinho ainda tinham preferência de Renato Gaúcho no sistema ofensivo, mas era nítido que o bom desempenho de Everton crescia semana após semana. Foram 12 gols em 60 partidas disputadas. Nesta temporada, com a saída de ambos, Everton assumiu a condição de titular. Foi eleito o melhor jogador do Campeonato Gaúcho e balançou as redes cinco vezes em 19 partidas levando em conta todas as competições.

Em relação ao contrato, em 2016 o Grêmio ampliou o compromisso que vencia em 2018 e ficou com 60% dos direitos econômicos, enquanto 30% são do empresário Gilmar Veloz. Seu salário saltou para cerca de R$ 50 mil, mas com gatilhos por produção que aumentam seus vencimentos consideravelmente. O atual compromisso agora vale até 2020 e as negociações para nova ampliação já começaram. A multa hoje é de R$ 130 milhões, o que faz com que todas as partes fiquem tranquilas para negociar, em que pese interesse confirmado da Lazio-IT e observação de outras dezenas de clubes e empresários espalhados pelo mundo.

O presidente do Grêmio, Romildo Bolzon, deixou claro no começo deste mês. “Neste momento, se quisermos ganhar alguma coisa, o Éverton tem que ficar”, avisou.

O Fortaleza segue com 10% dos direitos econômicos do jogador. Em um acordo com o ex-presidente Luis Eduardo Girão, do valor que o Fortaleza receber de uma eventual negociação de Everton , R$ 6 milhões serão separados para quitar a dívida com o dirigente. Nada mais justo diante do que Girão fez pelo clube em 2017. O que superar os R$ 6 milhões, ficam com o Tricolor.

Em Porto Alegre, o jornalista João Batista Filho informou que o Tricolor Gaúcho tem interesse em comprar a parte do Fortaleza e que o vice-presidente Duda Kroeff teria autorizado o início da negociação. O clube do Pici não confirma e em contato com o Blog, Luis Eduardo Girão garantiu que nem ele e nem seus procuradores foram informados.

26 Comentários

  • Chico Caucaia disse:

    Fortaleza deu os 10% como garantia ao ex presidente do time ano passado, aquele presidente americano….. ah brasil

  • Henrique disse:

    Espero que ele permaneça ainda pelos menos uns dois anos no Grêmio. Mas quando sair, mesmo que o Fortaleza venda sua parte nos direitos, ganhará uma boa grana pelo mecanismo de solidariedade da FIFA, por ser o clube formador

  • Robson disse:

    300 mil reais por 90% dos direitos econômicos de um atleta que hoje está estimado mais de 100 milhões. O infeliz que fez essa negociação deveria ser processado por perdas e danos causados ao tricolor de aço.

    Aliás, casos como o de Éverton me convencem ainda mais que a responsabilização patrimonial dos dirigentes pelos prejuízos causados aos clubes é uma medida de urgência extrema.

    Isso não pode ser só incompetência.

    Saudações Tricolores.

  • Flávio Carneiro disse:

    Caso o Grêmio compre a parte do Fortaleza, o Fortaleza receberia os 10% que tem direito? Ou seria um valor menor?

    Ai é negociável, depende de proposta, Flávio. Até porque como o Everton não foi vendido, não dá pra saber quanto seriam esses 10%.
    FG

  • Flávio Carneiro disse:

    Entendi. Como a multa é de 130 milhões, e o Fortaleza tem direito a 10%, o Fortaleza receberia 13 milhões. 6 milhões destinados ao Girão, e os outros 7 ficaram para o clube.

    Faz sentido?

    Faz se ele for vendido por esse preço. Do contrário, não faz.
    Mas a conta proporcional é essa que você fez.
    FG

  • EMERSON LEAO disse:

    Só sei que o time Pequeno de empresário fez um péssimo negócio com o empresário dele. A não ser que o presidente americano abra mão de sua parte, não vai sobrar nada para o FOR-C.
    300 mil por 90% é 1 mês de salário do Rogério e sua comissão.

  • FERNANDEZ LEÃO disse:

    SÓ PODIA SER CRIA DO TRICOLOR DO PICI, ESSE CEARENSE BOM DE BOLA.
    A TURMA DO CANAL DEVE TÁ SE MORDENDO DE INVEJA, DESPEITO E IRA. PRA VARIAR.
    NÃO É À TOA QUE SEGUEM MAIS OS BLOGS DO MAIOR DO ESTADO, FORTALEZA ESPORTE CLUBE, QUE O DESCOLORIDO E MAU CHEIROSO BLOG DELES.
    FAZ O SEGUINTE, ….. EXIJAM DO TJDF/CE MAIS ….. UNS…..CINCO CAMPEONATOS DE BRINDE POR CAUSA DISSO. MUITO JUSTO!
    SAUDAÇÕES TRICOLORES!

  • FERNANDEZ LEÃO disse:

    ESQUECI DE DIZER:
    OS GRANDES SÃO ADMIRADOS E IMITADOS.
    SAUDAÇÕES TRICOLORES!

  • Marcelo Neto disse:

    Graziani, Pedro Paulo seria na verdade Pedro Rocha?

    Pedro Rocha, sim, está no texto.
    Abraço.
    FG

  • abinael disse:

    Time pequeno e gestores medíocres é assim mesmo: forma atleta p os clubes grandes ganharem dinheiro em cima dele (atleta).

  • abinael disse:

    Enquete feita p jornal Zero Hora afirma q Everton é melhor q Pedro Rocha

  • jhones disse:

    O grande frisson do dia foi causada pelo empresário do Derley, nosso volante titular. Ele esteve ontem a trade no Castelão, no treino do Rival oferecendo o volante Derley ao rival Ceará. Deu até o valor da multa caso Rival se interessasse em fazer o deposito. O jogador iria para o rival com as mesmas bases que o Fortaleza lhe paga, apenas trocaria a serie B pela série A. Tudo as claras na frente inclusive de cronistas esportivos setoristas. Também se colocou a disposição do Ceará para indicar outros jogadores. A direção do Rival agradeceu o contato, elogiou o jogador Derley, mas não é de volantes que a diretoria está procurando. Que cara sem ética! Até parece o empresário do Raul. Os clubes deviam se juntar e propor uma lei que os defendesse desse tipo de empresário noscivo. Deve ter causado um mau estar grande no elenco e na direção do nosso clube. Se não está gostando que saia.

  • Mauro disse:

    “Era assim por aqui, quando enfrentava o Ceará e marcava com habitualidade.”
    Nas categorias de base, ele fez quantos gols contra o Ceará em quantos jogos?

    Everton tinha 15 anos quando foi artilheiro do cearense sub-17. Com 16 anos, jogando no sub-20, já se destacava. Em quatro jogos contra o Ceará, fez seis gols, em 2012.
    FG

  • João Ximenes disse:

    Falar agora que FEC fez péssimo negócio é o mesmo que empurrar bebum em ladeira.

    2012 FEC acabara de cair pra Czona e ÉVERTON era um menino véi do buchão.
    Clube precisando de verba pra CONTRATAR pras disputas da Czona + menino do buchão + R$ 300.000 naquela época pra quem não tinha um vintém, e nenhuma IDEIA, de como iria sair do buraco(acabamos passando 8 anos nele mesmo assim)…

    QUE JOGUE O PRIMEIRO REAL AQUELE QUE NÃO TERIA FEITO O NEGÓCIO.

    Lembrando que como Éverton, tivemos vários outros jogadores juvenis, que alguns defendiam com unhas e dentes como: Bismark, Reginaldo, Romarinho e até mesmo EDINHO(hoje de volta) que também tiveram seus estalos por aqui e acabaram não vingando como Éverton.

    Também tivemos jogadores como ÉVERTON(Maranguape), que chegou a ser campeão Brasileiro pelo Cruzeiro; ARI(hoje dono do Uniclinic), até hoje ídolo lá pelas bandas da Rússia; AMARAL(lateral hoje no Ferrin), que saiu pro Palmeiras e acabou nas seleções de base; e o próprio OSWALDO que do São Paulo acabou chegando na seleção principal.
    Mas esses tiveram “mais sorte” e salvo engano acabaram saindo de graça daqui.

    HOJE, nossa realidade é outra, e também temos jogadores – WESLEY por exemplo – que pode muito bem nos dá fruto em breve.
    Pra isso acontecer, basta que ele – no que as oportunidades forem aparecendo -, ENTRE, mas entre com a VONTADE de jogar e não só de aparecer. No futebol chamamos isso de HUMILDADE.
    Sabemos que WESLEY é cabeça quente; reclama da própria sombra; e isso, além do fator OSWALDO/EDINHO que já são mais cascudos, tem tirado essa oportunidade até aqui.
    “Se” Wesley conseguir adquirir consciência profissional e a devida paciência pra aguardar o seu momento, TENHO CERTEZA que ele poderá, EM BREVE, ser um novo Éverton garoto do Pici.

    Juvenil pra PROFISSIONAL valorizado…
    O futebol taí, de portas abertas, PROVANDO a cada dia que, tudo depende única e exclusivamente da CABEÇA e capacidade de CADA UM, de querer realizar o seu SONHO. Só que isso passa por ter a capacidade, também, de ser um PROFISSIONAL de verdade.

  • Klayton disse:

    Caros amigos. É assim mesmo, 5 anos atras quem era Everton? Quanto ele valia? Qual experiência e exposição do seu talento? Era apenas uma aposta, Fortaleza na época estava na série C, precisava de dinheiro e não poderia esperar, provavelmente o que ocorreria era chegar ao fim do contrato e perder todos os direitos econômicos. Negociou bem com as informações e necessidades que tinha à época. Analisar hj e falar que foi mau negócio dados os valores atuais é fácil e desonesto. Além de tudo o Grêmio investiu em um juvenil e na sua formação. Faz parte do negócio futebol. Este ano o Fortaleza negociou outro atleta da base desta vez com o Bahia. Trouxe o tinga e ainda recebeu pelo jogador mantendo ainda parte dos direitos econômicos. Vamos torcer que tenha a mesma valorização do Everton. Neste momento não podemos $$$$ manter promessas quando surgem.oportunidades e acho que a decisão da diretoria à época com Everton e atual com o jogador da base negociado foi acertada.

  • Leandro disse:

    Pedro Paulo? Não seria Pedro Rocha?

    Pedro Rocha, sim, está no texto.
    Abraço.
    FG

  • BOCA disse:

    Acho que o nome do antigo centroavante do Grêmio era Pedro Rocha

    Pedro Rocha, sim, está no texto.
    Abraço.
    FG

  • CARLOS LIMA disse:

    não esqueçam que o Eduardo Girão tem 6 milhões (pagou as dividas do Liaum em 2017) para receber eele mesmo disse que prometeram-no a devolução dessa quantia.

    qualquer milhão que entrar, tem que separar uma parte para o Girão.

  • carlos disse:

    O cebolinha foi cria do Jorge Veras que diz claramente, que revelou o jogador do floresta, que foi pro fortaleza, segundo ele é melhor que o cebolinha.

  • GABRIEL disse:

    A INVEJA MATA, URUBUS DO CANAL.
    SAUDAÇÕES TRICOLORES!

  • Leonardo Miranda disse:

    Bom!

  • eriberto disse:

    OLA MEU AMIGO FG BOA NOITE DEPOIS DE VER O POBRE SEARA COM AQUELE FUTEBOLZINHO COM O ARTUR DEPOIS QUE VIU A COR DO DINHEIRO SUMIU DIZEM QUE FICA SO PENSANDO DE VER A HORA DE SE AGARRAR COM O MONTE DE DINHEIRO POIS NUNCA PESSOU EM GANHAR TANTO DINHEIRO E SE ESQUEÇEU DE JOGAR. E O SEARA DESSE JEITO VAI VOLTAR PRA SEGUNDONAE POBRE CHAMUSCA PODE E CUIDANDO DE ARRUMAR SUAS MALAS POIS NO PROXIMO JOGO JA VAI SER DEMITIDO SE PERDER POIS LA EM SAO PAULO VAI SE SOLA DE NOVO.

  • Bradock disse:

    O melhor de tudo é que ele era do 42° Núcleo, igual o Breno (Zagueiro do Náutico) que era do 10° Núcleo e saia da concentração do Horizonte pra ir torcer pelo Fortaleza.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *