Futebol do Povo

Ferrão na Série C: de novo em 2018, com orgulho e coração

3354 20

FOTO: Raniery Soares/Correio da Paraíba

O ano de 2018 já está na história do Ferroviário. Após a campanha impressionante na Copa do Brasil – eliminando o Sport depois de estar perdendo por 3 a 0 em uma partida épica – a equipe conquistou nesta segunda-feira o histórico acesso para o Campeonato Brasileiro da Série C. Mais uma vez o elenco mostrou ser persistência, luta e coração, independente de ter sido comandado por quatro técnicos diferentes na temporada: Carlos Rabello, Ademir Fonseca, Maurílio Silva e, por último, Marcelo Vilar.

A classificação nos pênaltis perfeitamente batidos diante do Campinense – perdeu a partida por 1 a 0, mas havia vencido na semana passada por 3 a 2, no Castelão – representa ao clube ter um calendário completo em 2019, com estadual e Campeonato Brasileiro, chance de estar novamente entre os 60 melhores times do país e brigar para atingir a Série B.

Naquela quinta-feira, 15 de fevereiro de 2018, logo após a vitória do Ferrão sobre o Sport, escrevi algo que agora faço questão de repetir. Imagino Seu Valdemar Caracas, aquele que foi, como ele próprio dizia, pai, mãe, babá e, sobretudo, educador do Ferroviário. Seu Valdemar o fez crescer com instituição; o viu passar por todas as dificuldades e alegrias possíveis. Nesta segunda, de onde ele estiver, viu ser escrito um dos mais emblemáticos capítulos do clube, com orgulho genuíno e a certeza de ter construído um grupo de jogadores que merece ser lembrado para sempre pelos torcedores

Recomendado para você