Futebol do Povo

R$ 6,8 milhões e 458 mil pagantes: os borderôs de Ceará e Fortaleza no Campeonato Brasileiro 2018

2802 11

Ilustração: Carlos Campus, O POVO

As torcidas têm feito o possível nas campanhas de Fortaleza e Ceará no Campeonato Brasileiro. Ambas colocam nas partidas dos clubes mais de 20 mil pessoas, em média.

Com 10 jogos realizados como mandante na Série A, o Ceará registrou 212.147 pagantes em suas partidas, realizadas no PV e no Castelão. É a sétima melhor média da primeira divisão, com 21.214 pagantes. A renda bruta gerada até agora foi de R$ 4.098.048,00, com R$ 19,32 de ticket médio.

Já o Fortaleza mandou 11 partidas na Série B, todas no Castelão. Foram 246.687 pagantes, gerando uma renda bruta de R$ 2.695.972,00, com valor de ticket médio de R$ 10,93. É o melhor desempenho da Segundona, com 22.426 pagantes por encontro.

Juntos, apenas de borderô em estádio, sem contar as receitas de sócios, Ceará e Fortaleza arrecadaram R$ 6.794.020,00 para um público pagante de 458834 nos 21 jogos. Um faturamento digno de empresas de bom porte.

Na comparação com o ano passado, o Ceará, nos 19 jogos que fez na Série B, somou 390.551 pagantes e arrecadou R$ 6.761.557,00. Já o Fortaleza, em 12 partidas na Série C, reuniu 218.099 pagantes para rendas que somaram R$ 4.215.691,00.

E um dado que impressiona: levando em conta os 21 jogos realizados pelo Campeonato Brasileiro em 2018 e mais os 31 de 2017, o público total de pagantes é de mais de um milhão de pessoas: 1.067.484.

É gente demais.

Recomendado para você