Futebol do Povo

Gestão do Fortaleza começa a remunerar dirigentes; total será de R$ 1,2 milhão por ano

7302 24

Foto: Mateus Dantas/O POVO.

Desejo antigo do presidente Marcelo Paz, a remuneração dirigentes do Fortaleza já entrou em vigor em janeiro deste ano. Prevista no Estatuto do clube, era preciso aprovação do Conselho Deliberativo, que o fez no fim do ano passado por unanimidade, sem qualquer polêmica. Assim, em fevereiro, 16 dirigentes, incluindo presidente e os dois vices passam a receber pelos serviços prestados ao clube.

Marcelo Paz sempre se manifestou a favor da medida por não considerar justo que pessoas deixem ou prejudiquem seus trabalhos para se dedicar ao clube sem receber nada. É também uma forma de cobrança ainda maior no caminho de uma gestão tendo como núcleo o profissionalismo, exigido por jogadores, técnicos, torcedores, imprensa e demais profissionais ligados ao esporte de alto rendimento.

São 16 pessoas que vão dividir R$ 98 mil mensais, perto de R$ 1,2 milhão por ano. É relevante lembrar que, com exceção do presidente e dos vices, eleitos, os demais profissionais podem ser demitidos a qualquer tempo. A verba não é dividida por igual e cada um dos cargos tem seus respectivos valores por ordem de importância e atividades.

A relação dos cargos remunerados no Fortaleza:

Presidente
1º Vice Presidente
2º Vice Presidente
Diretor Administrativo
Diretor Financeiro
Diretor Jurídico
Diretor Patrimônio
Diretor de Planejamento
Diretor Comercial
Diretor de Futebol
Diretor de Esportes Amadores
Diretor de Serviços Médicos
Diretor de Relações Públicas e Publicidade
Diretor de Marketing
Representante na Federação Cearense
Ouvidor

Recomendado para você