Futebol do Povo

Em CLT, folhas salariais de Fortaleza e Ceará estão entre as quatro menores da Série A

6697 18

Photo by Christian Dubovan on Unsplash

Dados divulgados no UOL, especificamente no Blog do Mauro Cézar, registraram quanto os clubes brasileiros que jogam na Série A 2019 gastam com suas folhas salariais levando em conta exclusivamente o que os atletas recebem na Carteira de Trabalho. Os números, portanto, deixam de lado os gastos com direito de imagem, que são pagos via contrato com os jogadores como pessoa jurídica, situação bastante comum no futebol brasileiro para a diminuir os impostos pagos tanto pelo clube, como pelo atleta.

Na relação, Palmeiras, Cruzeiro, Corinthians, Flamengo e Internacional formam o grupo dos cinco clubes com folhas mais altas em CLT.

Entre os times do Nordeste, o Bahia é o que mais gasta, com R$ 2,5 milhões. O Fortaleza é o 17º colocado, com R$ 1,6 milhão, enquanto o Ceará vem logo a seguir com R$ 1,1 milhão. Levando em conta os valores pagos pelos rivais cearenses como direitos de imagem, ambos chegam perto dos R$ 2 milhões de gastos gerais com atletas.

Atrás dos times cearenses estão apenas Avaí e CSA.

A lista:

Palmeiras – R$ 8,5 milhões
Cruzeiro – R$ 8 milhões
Corinthians – R$ 7,6 milhões
Flamengo – R$ 6,4 milhões
Internacional – R$ 4,9 milhões
São Paulo – R$ 4,9 milhões
Santos – R$ 4,8 milhões
Grêmio – R$ 4,3 milhões
Atlético-MG – R$ 4,1 milhões
Vasco – R$ 3,2 milhões
Fluminense – R$ 3,2 milhões
Bahia – R$ 2,5 milhões
Botafogo – R$ 2,5 milhões
Athletico – R$ 2,4 milhões
Goiás – R$ 2,3 milhões
Chapecoense – R$ 1,7 milhão
Fortaleza – R$ 1,6 milhão
Ceará – R$ 1,1 milhão

Avaí – R$ 840 mil
CSA – R$ 450 mil

Recomendado para você