Futebol do Povo

Ceará recebeu consulta para vender mando contra o Flamengo por R$ 1,5 milhão

7997 9

Foto: Mateus Dantas/O POVO.

Após a ótima vitória sobre a Chapecoense por 4 a 1, neste sábado, o presidente do Ceará, Robinson de Castro, convocou mais uma vez a torcida do Alvinegro para comparecer ao Castelão nos jogos do time na Série A. Em entrevista exclusiva nesta semana ao O POVO, o dirigente já tinha se mostrado chateado com o que ele considera públicos abaixo do ideal para o time que está bem na primeira divisão – agora são 20 pontos (ano passado eram oito na mesma fase da competição). Diante do time catarinense, foram pouco mais de 20 mil pagantes – a média do clube na Série A é de 24.852 pagantes, a sétima melhor do torneio.

Para ilustrar sua insatisfação, Robinson disse que o clube recebeu consulta de empresários para que a partida contra o Flamengo, pela 16a. rodada, fosse levada de Fortaleza para Brasília. O Blog apurou que as conversas começaram em R$ 1 milhão e chegaram a R$ 1,5 milhão, mas em momento algum a diretoria do Ceará sequer cogitou tirar a partida do Castelão, algo que certamente receberia uma enxurrada de críticas – e com razão.

A diretoria entende que vender o mando mostraria algo bem diferente do que o clube pensa para o futuro, ou seja, crescer ainda mais no cenário nacional. Deixar o Castelão por dinheiro seria imperdoável, portanto.

 

Recomendado para você