GIRO LUSÓFONO

Descubra quando utilizar “Traz”, “Trás” e “Atrás”

Muito parecidas, as palavras “Traz”, “Trás” e “Atrás” sempre estão presentes nas listas de dúvidas dos falantes da português. E para ajudá-los a entender como e quando usá-las, o ORA, POIS contactou Caroline Assis, professora de língua portuguesa da Faculdade Metropolitana da Grande Fortaleza (Fametro), para explicar.

Trás tem função de adjunto adverbial de lugar e tem o mesmo significado de ‘atrás’ e ‘detrás’ e geralmente vem acompanhado de preposição.

Exemplo:
– Foi embora sem olhar para trás.
– Ele surgiu de trás da porta.
– Ele está atrás da porta.

Traz é uma forma verbal do verbo “trazer” conjugada na 3ª pessoa do singular do indicativo ou ainda na 1ª pessoa do singular do imperativo.

Exemplos:
– Ele traz boas notícias para nós.
– Só dinheiro não traz felicidade.

É bom lembrar que ninguém está imune a cometer erros na hora de escrever. Eles são reais e devem ser encarados como parte do processo de aprendizagem. Contudo, há como minimizá-los e a leitura é um dos métodos mais eficazes.

Tem alguma dúvida sobre ortografia? Escreva-a nos comentários.

Recomendado para você