GIRO LUSÓFONO

Brasileiro de 8 anos vai a Nova Iorque pedir que português torne-se língua oficial da ONU

Com apenas oito anos de idade, o pequeno brasileiro João Paulo Guerra Barrera viajou a Nova Iorque, nos Estados Unidos, para entregar à secretária geral da Organização das Nações Unidas (ONU) para a Juventude, Jayathma Wickramanayake, a carta que escreveu, a próprio punho, pedindo que o português torne-se língua oficial do órgão.

Em entrevista ao G1, João Paulo disse que no encontro falou sobre “ciências, tecnologia, inovação, sobre proteger o planeta, reciclar as coisas e ensinar o que sabemos, ter respeito pelas pessoas e ser feliz”, contou o menino que, mesmo com pouca idade, já publicou dois livros (em português e inglês), dá palestras pelo País e já ganhou um prêmio da Nasa.

Atualmente, seis idiomas compõem a lista de línguas oficiais da ONU: árabe, chinês, espanhol, francês, inglês e russo. Eles são considerados como “línguas de trabalho” da entidade e dos demais organismos ligados a ela.

Carta de João Paulo pedindo a António Guterres, secretário geral da ONU, que inclua o português na lista de línguas oficiais do órgão. (Foto: Divulgação/Fernanda Calfat)

Com G1.

Recomendado para você