GIRO LUSÓFONO

Mulheres falam melhor inglês do que homens, aponta ranking

Segundo o EF EPI (Índice de Proficiência, em suas siglas em Inglês), ranking mundial que avalia a proficiência linguística de pessoas cuja língua nativa não é o inglês, realizado pela EF Education First, as mulheres têm um nível mais elevado na língua inglesa do que os homens no mundo e no Brasil.

As brasileiras obtiveram um desempenho médio de 51,47 pontos, enquanto a média dos homens foi de 49,81. Apesar disso, tanto a pontuação das mulheres quanto a dos homens ficaram abaixo da média mundial, de 54,57 e 52,63, respectivamente. Em todo o mundo, ninguém supera as suecas (71,73 pontos) em proficiência em inglês. No ranking feminino, elas são seguidas pelas mulheres da Holanda (70,62), Singapura (69,63), Noruega (68,43) e África do Sul (67,85).

O estudo, que avaliou o inglês de mais de 1,3 milhões de pessoas, concluiu que as mulheres falam inglês melhor do que os homens, apesar da disparidade ser menos evidente em algumas regiões do mundo, como na América Latina e no Oriente Médio. Os países africanos são, em geral, aqueles onde a diferença entre mulheres e homens é maior. De fato, as mulheres da Etiópia (52,48), Argélia (46,50), Marrocos (50,50) e África do Sul (67,85) dominam a língua muito melhor que os homens dos respectivos países.

O EF EPI 2018 avaliou 88 países e regiões (oito a mais do que no ano passado), com base em dados de mais de 1,3 milhões de adultos que fizeram o EF Standard English Test – EF SET, o primeiro teste padronizado de inglês gratuito a nível mundial.

Para conferir os relatórios completos é só clicar aqui.

Recomendado para você