ID

Boatos de que WhatsApp passará a ser pago voltam a circular após queda de servidor do aplicativo

Nesta quinta-feira, 4, boatos que o WhatsApp Messenger seria pago voltaram a circular entre os usuários. A façanha foi remodelada com informações sobre a pane ocorrida nesta quarta-feira, 3.

O WhatsApp diz que nunca envia mensagens diretas aos usuários, que o aplicativo é gratuito e que o usuário não precisa fazer nada para continuar utilizando-o de graça.

Um detalhe que reforça que a mensagem é falsa são erros de ortografia. Além disso, parte do texto não é novo – o trecho foi apenas remodelado e desmentido pelo próprio WhatsApp.

Confira um trecho da mensagem:

”Olá, sou o Jélysson, diretor do WhatsApp Messenger, esta mensagem é para informar a todos os nossos usuários que temos apenas 530 contas disponíveis para novos celulares, e que, recentemente nossos servidores ficaram congestionados. Então, nós estamos pedindo a sua ajuda para resolver este problema. […] Whatsapp se tornará pago, a menos que você é um usuário frequente. Se você tem pelo menos 10 contatos envie este sms e logo se tornará vermelho para indicar que você é um usuário freqüente.”

Sobre os boatos compartilhados após a falha, o WhatsApp diz que tem uma cartilha com dicas para identificar mensagens duvidosas.

Recomendado para você