ID

Estudo aponta que a vida social de 70% dos jovens americanos está dominada pelo uso das redes sociais

Foto: AFP

Um estudo feito com jovens americanos de 13 a 17 anos, pela organização não governamental Common Sense Media, mostra o crescimento do uso das redes sociais na vida dos americanos. Se em 2012 apenas 34% dos pesquisados utilizavam as redes sociais constantemente durante o dia, em 2018 esse número aumentou para 70%. Eles preferem se comunicar através de mensagens do que conversar pessoalmente.

Segundo a pesquisa do site Axios, que foi divulgada no Estadão, os jovens dos Estados Unidos vem migrando cada vez mais do Facebook para outras redes sociais como o Instagram e o Snapchat. Enquanto 68% deles usavam o Facebook em 2012, esse número caiu para 15% este ano.

Outro fato curioso, é que quase a metade dos pesquisados gostaria de voltar à época que não existia rede social, e 72% desses jovens, não confiam nas empresas de tecnologia e acreditam que haja uma manipulação para passarem mais tempo conectados.

O estudo também mostra uma contradição que existe entre os jovens, pois 44% deles afirmam que se frustram quando seus amigos utilizam os celulares quando estão reunidos, mas que 55% deles utilizam o celular nesses encontros.

Mas apesar dos perigos que o uso exagerado das redes sociais podem causar, os próprios pesquisados acham que a utilização dessas redes fazem com que eles se sintam menos solitários.

Por: Antoyles Batista

Recomendado para você