ID

O amor tem limites? Jovem se finge de morto e pede companheira em casamento

Foto: Facebook / Reprodução

O vídeo de um pedido de casamento viralizou nas redes sociais. As imagens foram feitas na tarde do último sábado, 29, na pequena Iranduba (AM), na Região Metropolitana de Manaus. O “ato de amor” chama atenção pela criatividade do autor. Para marcar a data em que o casal completa cinco anos, Kessy Sarmento, 25, se fingiu de morto, enquanto escondia um buquê de flores e um anel de noivado para surpreender sua companheira, com quem tem um filho de 1 ano.

“Eu queria algo que marcasse tanto ela como esse grande momento que estamos para começar. Eu queria algo que impactasse, que ria, que ela pudesse ver como seria o mundo sem mim e queria que isso tudo ficasse muito marcado”, disse Kessy.

“Nada foi pensado anteriormente, tudo foi planejado na hora um improviso. Não contei a ninguém, até as pessoas que estavam por lá ficaram em choque. Eu já tinha visto um vídeo parecido, mas tentei não ser tão forte, pois eu iria colocar uma ambulância e um carro da funerária. Preferi fazer um vídeo mais simples”, completou o autor do pedido.

O momento em que a namorada Klissia Rodrigues, de 21 anos, é surpreendida, imaginando que o rapaz tinha morrido, foi publicado no perfil do Facebook de Kessy. O post, que terminou com um final feliz com a tão esperada resposta “sim”, alcançou até agora 6,6 milhões de visualizações desde domingo. O rapaz conta que não imaginava uma repercussão tão grande.

“Somos um casal completamente diferente dos outros, somos loucos e meu pedido de casamento não poderia ser diferente né? Sentir que eu não estaria ali ou pensar que se eu acordasse amanhã você não poderia me ver, mudaria seu mundo totalmente! Resolvi fazer isso com você em homenagem aos cinco anos que estamos juntos. Foi uma brincadeira pesada, mas tenho certeza que você sentiu o que eu senti, e agora tenho mais certeza ainda que amo você cada vez mais e tenho a plena certeza que quero passar minha vida inteira com você. Te amo, Klissia Rodrigues”, escreveu Kessy no post.

Recomendado para você