ID

Mulher nada ao lado de água-viva gigante

Lizzie Daly já é conhecida dos britânicos por suas aventuras na natureza. Através do seu programa para a BBC, ela mostra suas peripécias no mundo selvagem. Desta vez, nem mesmo a bióloga pôde prever o encontro que teria na quando gravava o especial Wild Ocean Week, nas águas da Cornualha, sudoeste da Inglaterra: um nado com uma enorme água-viva-barril.  

“Eu nunca vi uma tão grande”, comentou Lizzie sobre o animal de 1,5 metros, segundo estimativas. “Havíamos visto algumas águas-vivas menores em um belo recife nas proximidades, e então, saindo das trevas, veio essa imensa e bela água-viva. Você dá uma olhada e se pergunta se realmente é um metro e meio de comprimento”, completou.

A presença dos animais é comum nesta época do ano no litoral britânico, quando as águas costeiras estão mais quentes que no lado atlântico do Mar da Irlanda. A espécie já é, normalmente, maior que as outras águas-vivas que costumam aparecer, por exemplo, no litoral brasileira. Mas o espécime flagrado por Lizzie é ainda maior que a média de sua raça, que é de 1,2 metros.

https://www.facebook.com/LizzieDalyWildlife/videos/1932831576816844/

 

“Muitas pessoas ficariam imediatamente preocupadas, mas isso não é perigoso. É uma criatura majestosa”, disse Lizzie. O animal, de fato, possui tentáculos venenosos, mas não consegue liberar a substância em quantidade suficiente para matar humanos – ainda assim, a depender do caso, pode ser uma experiência desagradável. 

Apesar do tamanho, a água-viva-barril não está entre as maiores da espécie. A água-viva-juba-de-leão, por exemplo, tem um tamanho médio de 2,3 metros. Já a água-viva-gigante pode crescer até atingir 40 metros de comprimento. 

Recomendado para você