ID

Quatro crianças fogem e dirigem por mais de 1000 km na Austrália

Cena do filme Ninguém Segura Esse Bebê (1994)

Quando assistimos Ninguém Segura Esse Bebê (1994), muitos duvidaram da capacidade do pequenino Bink de se meter em tanta confusão tão longe de casa. Já nos últimos anos, outros tantos torcem o rosto ao acompanhar as peripécias dos cinco jovens de Stranger Things, que, longe de maioridade, já se envolveram em aventuras para lá de adultas. 

Mas a realidade está aí para apoiar a arte. No domingo, 14, uma patrulha policial foi surpreendida, na Austrália, ao parar um carro Nissan Patrol e se deparar com quatro crianças entre 10 e 14 anos, que já dirigiam por mais de 1000 quilômetros pela costa leste do país. Quando foram abordados, eles trancaram as portas e se recusaram a descer. Dentro, estavam dois meninos de 13 anos, um de 14 e uma menina de 10.  

De acordo com o portal Deutsche Welle, a polícia precisou utilizar um bastão para quebrar a janela do veículo e retirar os jovens de lá, que teriam roubado o carro de um parente. Um dos pequenos deixou um bilhete para os pais antes de partir para a jornada épica, que saiu da cidade de Rockhampton, no centro do estado de Queensland, até ser interrompida em Grafton, no estado de New South Wales. 

 

 

Gasolina cara?

No momento da apreensão, o mais velho, de 14 anos, estava na direção do SUV, mas a polícia acredita que eles dividiram as responsabilidades de condução devido à grande distância percorrida. Ao reconstituir o caminho feito, os agentes descobriram que os jovens, pelo menos duas vezes, conseguiram abastecer o carro sem pagar pelo combustível. Em um dos casos, a polícia chegou a ser acionada, ficou no encalço do veículo, mas desistiu da perseguição. 

Depois que o grupo sumiu, os familiares em Queensland acionaram a polícia e eles foram dados como desaparecido. Os investigadores rastrearam o sinal de celular de um deles, que os levou ao estado de New South Wales, antes da apreensão. As autoridades não interrogaram as crianças porque os pais não estavam presentes. A polícia disse que eles podem ser acusados, mas não especificou pelo quê.

Recomendado para você