iMãe

Shantala, um ato de AMOR

Mamães e papais,

Vocês conhecem a massagem Shantala? Pedi para uma querida mamãe, dedicada e leitora do blog para explicar aqui pra gente os benefícios, como funciona, dicas etc etc. Essa querida é a Cris Oliveira, mãe da Malu e fisioterapeuta que já esteve aqui no blog dando uma aula sobre psicomotricidade. Quem não viu, clica AQUI!

E tem mais, a Cris dá aulas de Shantala para grávidas ou mamães interessadas, quem quiser os contatos dela, pega lá no final do post, tá?

E tem mais ainda, em junho a gente vai sortear aqui um curso de Shantala com a Cris para as buchudinhas leitoras do blog. \o/ \o/ \o/

Vamos ao que interessa?

Shantala, um ato de amor, por Cris Oliveira

Cris fazendo a shantala na Malu

“…Os bebês têm necessidade de leite mas muito mais de serem amados e receber carinho…”
Fonte: Shantala, uma arte tradicional, massagem para bebês.
Frédérick Leboyer.

A Shantala é uma tradição milenar da Índia não apenas de massagem, mas principalmente de transmissão de amor através dos movimentos da mãe para o seu filho.

Toques de carinho, com movimentos leves, harmoniosos e alongamentos passivos por todo o corpo do bebê fazem parte deste ritual de amor.

Esse momento mágico de troca de afeto traz benefícios não só para o bebê, mas também para a mamãe e o papai que aplicam a Shantala. Sim, originalmente, a Shantala é feita apenas pelas mamães, mas no nosso país os papais também são convidados a participar deste momento tão especial. E como é bom ver os papais cada vez mais aplicados nessa tarefa de amor e cuidados com suas crias.

Os benefícios são fantásticos tanto para os bebês quanto para mamãe-papai. Nos bebês, auxiliam na prevenção das temidas cólicas, deixando o mais calmo e sereno e assim também auxiliando no sono. Sem falar que é um rico estímulo sensorial para os pequenos. Para a mamãe-papai, essa prática traz mais confiança em lidar com o bebê no dia a dia, intensifica o vínculo mamãe-bebê / papai-bebê e assim fortalece os laços familiares tão importantes para a formação de uma criança saudável física e emocionalmente.
A prática pode e deve ser diária a partir do primeiro mês de vida. O horário é o bebê que vai determinar junto com sua mamãe na rotina dessa família.

Dicas da Cris: Sente num lugar calmo da casa, reservado, sem barulho. Procure uma posição confortável para você pois será um momento de troca de energia total. Coloque uma musiquinha gostosa bem baixinho (as caixinhas de música dos Beatles e Elton John rolavam soltas aqui em casa… rsrs), preste atenção na temperatura do ambiente que não deve estar nem frio e nem quente já que seu bebê estará quase despido. Respeite as mamadas, se seu bebê mamou no peito, espere pelo menos 30 minutos e se mamou na mamadeira, pelo menos 1 hora. E agora, entregue seu corpo, coração e mente para o seu bebê.

Boa Shantala e tenha uma ótima troca de amor!

Contatos
Cristiane Mattos de Oliveira
Fisioterapeuta formada pela Universidade Federal do Rio de Janeiro – UFRJ
CREFITO 37381-F
Doutorado pela UFRJ
Psicomotricista – Formação na Prática Psicomotora Aucouturier
(85) 8678-4568
olicrism@gmail.com

Recomendado para você